NotíciasMato Grosso

Senador viabiliza recursos para construção de 20 mil novas residências e fomento ao turismo em MT

Em audiência com os ministros Rogério Marinho e Joaquim Álvaro Pereira Leite, senador Jayme Campos defende projetos do governo Mauro Mendes.

Visando potencializar duas políticas públicas essenciais para Mato Grosso e sua população, e que geram emprego, renda, qualidade de vida e a propagação indireta de 52 atividades econômicas, o senador democrata Jayme Campos (DEM/MT), viabilizou recursos para construção de 20 mil novas residências, sendo 5 mil neste ano de 2021 através do Ministério do Desenvolvimento Regional e com o Ministério do Meio Ambiente a formalização de um Termo de Cooperação Técnica para que o Governo do Estado de Mato Grosso possa executar obras no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, um dos pontos turísticos mais visitados no Brasil e no Centro Oeste.

Encaminhamos dois pedidos que considero essenciais. A questão de obras de habitação popular, que são essenciais e que geram emprego e renda, além da qualidade de vida e fomentam o comércio e a indústria e a execução de obras de infraestrutura no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, principalmente no Véu das Noivas e no Portão do Inferno, dois dos mais importantes pontos turísticos que são valorizados em todo o Mundo e que necessitam de investimentos em infraestrutura para atender aqueles que desejam conhecer os mesmos”, disse o senador Jayme Campos.

Ele fez questão de lembrar que suas audiências com os ministros Rogério Marinho e Joaquim Alvaro Pereira Leite, respectivamente, ministros do Desenvolvimento Regional e do Meio Ambiente respectivamente, atenderam pedido do governador Mauro Mendes que deseja investir recursos de Mato Grosso nessas duas políticas fundamentais para contemplar a população.

As audiências foram acompanhadas pelo secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda e pelo presidente da MTPAR – Mato Grosso Participações, Werner Santos, que são os responsáveis pelas áreas de habitação e turismo que o Governo Mauro Mendes quer potencializar investindo recursos do Tesouro Estadual para que elas gerem emprego, renda e principalmente aqueçam a economia local.

Solicitei a liberação de recursos da Caixa Econômica Federal (CEF) para financiar a construção de 20 mil casas pelo programa de casas populares do governo de Mato Grosso e mesmo não tendo disponibilidade para financiar todas as unidades habitacionais neste momento, o ministro afirmou que vai buscar a liberação de, pelo menos, 5 mil moradias ainda em 2021”, explicaram o secretário César Miranda e o presidente da MTPar, Werner Santos.

Segundo Jayme Campos, o encontro foi produtivo e mostrou o empenho do ministro Marinho em apoiar projetos importantes como este do governo de Mato Grosso que busca construir e entregar moradias à parcela da população que mais precisa de assistência. “Sem dúvidas a demanda por moradia em nosso Estado é ainda muito grande, mas a sinalização de liberação de recursos necessários para a construção de 5 mil casas deve ser comemorada”, afirmou.
No tocante a audiência com o novo ministro do Meio Ambiente, Joaquim Álvaro Pereira Leite, deve resultar na assinatura de um termo de cooperação para a execução de obras de infraestrutura turística no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães que está sob guarda do Governo Federal, através do Instituto Chico Mendes de Conservação Ambiental (ICMBio).

O turismo representa a movimentação econômica de 52 atividades como hotéis, restaurantes, cinemas, parques como Chapada dos Guimarães, empresas de transporte aéreo e rodoviário e dificilmente quem vem a Mato Grosso deixa de conhecer a Chapada dos Guimarães, o Pantanal, a Amazônia, enfim temos em uma raio de até 350 km da capital ou de Várzea Grande, potenciais turísticos que precisam ser melhor explorados e incentivados, para que gerem emprego e renda”, disse Jayme Campos apontando que o Governo Mauro Mendes é diferenciado por estar indo ao Governo Federal propor parcerias em que o Estado de Mato Grosso coloca recursos próprios buscando solucionar problemas e potencializar suas atividades.

Por: Assessoria

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados