Diárias de Mercado

Suíno: competitividade da carne frente à de frango é a maior em 12 anos

suino

O valor médio da carcaça especial suína se manteve estável entre março e a parcial de abril (até o dia 26), enquanto os preços da proteína de frango subiram com força

Diante disso, a competitividade da carne suína frente à de origem avícola cresceu no comparativo mensal, registrando o maior patamar desde agosto de 2009. A carne bovina, por sua vez, registrou pequena desvalorização, o que reduziu levemente a competitividade da proteína suína frente a essa concorrente. No atacado da Grande São Paulo, a carcaça especial suína se valorizou ligeiro 0,2% entre março e a parcial de abril, negociada na média de R$ 8,67/kg neste mês.

Confira linha de crédito para suinocultores, clique aqui.

Segundo pesquisadores do Cepea, a estabilidade dos preços da carne suína reflete os movimentos opostos na primeira e na segunda quinzenas – enquanto no início do mês o ritmo lento dos negócios pressionou as cotações, na segunda metade do período, o aquecimento das vendas resultou em recuperação dos valores. Já o frango inteiro resfriado, também vendido no atacado da Grande SP, se valorizou 11,9%, com média de R$ 7,91/kg na parcial de abril.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Assim, o preço da carcaça especial suína ficou apenas 75 centavos de Real/kg acima do valor do frango, diferença 52,5% mais estreita que a registrada em março e também a menor em mais de 12 anos.

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Diárias de Mercado

Suínos: média de preço da carne na parcial de maio está acima de abril

Diárias de Mercado

Suínos: preços caem em todas as praças em maio de 2022

Mercado FinanceiroNotícias

Exportações de carne suína totalizam 89,7 mil toneladas em abril, diz ABPA

Mercado FinanceiroNotícias

Custos de produção de suínos e de frangos de corte reduzem pela primeira vez em 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.