Trigo: dólar e queda externa pressionam valores

Demanda do trigo segue firme em fevereiro/2022

As quedas da taxa de câmbio e dos preços externos têm pressionado as cotações domésticas do trigo em algumas regiões acompanhadas pelo Cepea, devido à baixa na paridade de exportação. Apesar disso, estimativas oficiais sinalizam demandas doméstica e externa firmes, o que tende a sustentar os valores nacionais.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Apesar da produção recorde, de 7,8 milhões de toneladas, as importações estão elevadas, acima de 6 milhões de toneladas na soma dos últimos 12 meses.

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.