Trigo: vendedores seguem afastados do mercado

As baixas temperaturas da última semana causaram perdas em parte das lavouras de trigo nos estados do Paraná, de Santa Catarina e de São Paulo, especialmente as que estão em estágio de desenvolvimento mais avançado, quando são mais vulneráveis ao frio intenso.


Siga-nos: Facebook | Instagram
 | Youtube

trigo

Segundo colaboradores do Cepea, as condições climáticas nos próximos dois meses, pelo menos, devem ser fundamentais para se calcular a produção nacional, uma vez que a maior parte das lavouras ainda estava nas fases iniciais e/ou intermediárias de desenvolvimento. As geadas e a retração de produtores mantiveram os valores do cereal em alta nos mercados de balcão e disponível, mesmo com a desvalorização do dólar.

Além das lavouras de trigo, a frente fria também prejudicou as pastagens e o milho, substituto na ração, elevando, consequentemente, o preço do farelo de trigo. Em contrapartida, as negociações das farinhas continuam baixas, influenciadas pela menor demanda.

Fonte: Cepea

AGRONEWS – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.