Algodão: colheita em MT se aproxima do fim

A área da safra 2021/22 do algodão em Mato Grosso foi consolidada em 1,18 milhão de hectares (ha)

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

Em relação a produtividade média do estado, essa está prevista em 253,16 @/ha, 8,13% inferior à safra
passada, reflexo da estiagem que atingiu grande parte das lavouras no estado em abril e maio.

Além disso, os registros de chuva em agosto danificaram a qualidade da fibra, o que comprometeu ainda mais o rendimento da pluma. Diante disso, a produção para o ciclo ficou projetada em 4,47 milhões de toneladas, aumento de 11,60% em relação à safra 2020/21, puxado pelo incremento na área destinada ao algodão neste ciclo.

No que tange a safra futura, a primeira estimativa traz uma área recorde para a temporada, estimada em
1,30 milhão de ha, 10,39% superior ao consolidado da safra atual, pautado pelo atrativo preço da pluma, que se encontra em altos patamares quando comparado com as safras anteriores. Em relação a produtividade, esta ficou prevista em 278,23 @/ha. Assim, é esperado uma produção recorde de 5,42 milhões de toneladas para a safra 2022/23.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • Baixa: acompanhando a queda nas cotações da pluma na Bolsa de NY, o preço Cepea apresentou redução de 1,60% em relação à semana passada, precificado a ¢ R$ 653,88/lp;
  • Queda: reflexo da maior oferta dos subprodutos no estado, o preço da torta de algodão disponível demonstrou baixa de 0,58% na semana, cotado a R$ 1.525,63/toneladas;
  • Alta: pautado pelo aumento nos preços do petróleo no mercado, o poliéster exibiu incremento de 1,33% no comparativo semanal, cotado na média de ¢ US$ 40,81/lp.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.