Algodão: comercialização da pluma avança

A comercialização da pluma da safra de algodão 2021/22 em agosto atingiu 81,52% da produção aguardada para o ciclo

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

Contudo, o volume total comercializado é 1,13 p.p., inferior ao que foi observado no mesmo período da safra 2020/21, reflexo dos impactos registrados na produtividade do algodão, devido às adversidades climáticas que afetaram grande parte das lavouras do estado, o que deixou os cotonicultores receosos em travarem novos negócios.

No que tange à safra 2022/23, a valorização do contrato de dezembro 2023 do algodão na Bolsa de NY, em agosto ante a julho, refletiu em um incremento de 7,71% no preço médio da pluma no estado, o que estimulou os cotonicultores a travarem novas vendas.

Diante disso, a comercialização da safra futura avançou 4,27 p.p. no comparativo mensal, alcançando 47,34% da produção esperada para o ciclo, 7,01 p.p. a frente da safra 2021/22.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • Redução: com os indicadores econômicos globais sinalizando recessão, o contrato dezembro/22 exibiu queda de 6,64% na semana, cotado na média de ¢ US$ 103,46/lp;
  • Baixa: reflexo da queda dos preços na Bolsa de NY, a paridade julho de 2023 apresentou redução de 3,65% no comparativo semanal, precificada na média de R$ 184,57/@;
  • Queda: com uma maior oferta dos subprodutos em Mato Grosso, o preço do óleo disponível apresentou baixa de 1,97% em relação à semana passada, cotado a R$ 6.427,86/toneladas.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.