Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: mercado futuro segue em alta, confira!

algodão

Demanda, seca nos EUA e a guerra mantêm mercado futuro de algodão em alta. No mercado físico, entretanto, fiações em vários países revelam dificuldades de repassar preços altos

Mercado Financeiro

  • Algodão em NY: O contrato Mai/22 fechou ontem a 130,90 U$c/lp (+7,4%). Referência para a safra 2021/22, o contrato Dez/22 era cotado a 109,25 U$c/lp (+5,5%);
  • Altistas 1: Mesmo com pequena melhora, a seca continua muito grave no Texas. O motivo de apreensão é o Texas, que historicamente produz 40% da safra norte-americana da pluma;
  • Altistas 2: Para completar, as perspectivas climáticas de longo prazo, conforme relatado pela agência NOAA dos EUA, continuam a mostrar condições quentes e secas nos próximos meses;
  • Altistas 3: Com mais uma semana com vendas para exportação em altos níveis, os EUA já comercializaram mais do que a estimativa de exportação do país até Julho (14,79 X 14,75 milhões de fardos);
  • Altistas 4: Com a guerra na Rússia, mercados financeiros estão em baixa e fundos estão aumentando a exposição em commodities, que são vistas como um hedge de inflação;
  • Baixistas 1: O Índice de Gerentes de Compras da China para o setor têxtil, conforme pesquisado pelo Beijing Cotton Outlook, para fevereiro continuou caindo para 32,03, mostrando mais contração (em vez de expansão, quando acima de 50). É a menor taxa de operação desde janeiro de 2014;
  • Baixistas 2: Algumas fiações em Shandong e Jiangsu reduziram as operações recentemente, em parte por causa de novos surtos de Covid-19, mas também como resultado da baixa demanda. (Cotlook);
  • China: A China Cotton Association (CCA) divulgou seu balanço de oferta e demanda de algodão nesta semana. Os Chineses estimam importar este ano 2,7 milhões de toneladas da fibra, enquanto o número do USDA para importações Chinesas é de pouco mais de 2 milhões de toneladas;
  • China 2: Por outro lado, a CCA estima que a China irá consumir 8,3 milhões de toneladas de algodão, enquanto o USDA estima que este número será maior: 8,6 milhões de tons;
  • Paquistão: De jul/21 a fev/22, as exportações de têxteis e vestuário do Paquistão somaram US$ 12 bilhões, receita 26% maior do que a registrada nos mesmos meses do ano comercial anterior, informa o Pakistan Bureau of Statistics;
  • Bangladesh: O setor têxtil de Bangladesh vive um boom, com mais de US$ 2,5 bilhões em investimentos contratados para o setor de fiação. Para fortalecer o principal setor do país, o governo ainda prepara um pacote de incentivos para verticalizar mais a produção no país;
  • Safra 21/22 1: A Abrapa atualizou a previsão da produção no ciclo 21/22 para 2,82 milhões tons (19,6% superior à safra anterior e 107 mil tons acima do divulgado em dez/21). Os dados foram apresentados na Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão;
  • Sou de Algodão: Saldo super positivo nesta semana para o Sou de Algodão, da Abrapa. Duas gigantes do setor têxtil brasileiro aderiram ao movimento: a Pernambucanas e a Malwee.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Exportações

  • Exportações 2022 1: O Brasil exportou 1,258 milhão tons de jul/21 a fev/22, e a estimativa da ANEA é de 1,742 milhão tons até jun/22. Os dados também foram divulgados na Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Algodão;
  • Exportações 2022 2: Neste mês, o Brasil já exportou 136,3 mil tons de algodão (3 primeiras semanas de mar/22). Ao contrário dos últimos meses, a média diária de embarque ficou 8,6% acima de mar/21.

Por Abrapa

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Mercado FinanceiroNotícias

Veja a evolução das exportações de carne de frango em 10 anos

Diárias de Mercado

Algodão: indicador recua quase 9% nesta parcial de junho

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: Imea divulga o 1° relatório da colheita da safra 21/22 em MT

Diárias de Mercado

Algodão: diferença entre preços pedidos e ofertados limita negócios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.