CLIMATEMPO 12 a 18 de julho 2022, veja a previsão do tempo no Brasil

Assista o Boletim CLIMATEMPO 12 a 18 de julho 2022 e veja a previsão do tempo no Brasil nesta semana.

Frente fria provoca chuva e frio no Sul

Áreas de instabilidades associadas à passagem de uma frente fria mudam o tempo no Sul do Brasil. O bloqueio atmosférico se rompe já nesta semana e a umidade aumenta na Região.

Destaque para a diminuição das temperaturas nos três estados do Sul, a partir desta terça-feira (12). Com exceção de Londrina (PR), várias cidades, terão mínimas registradas à noite.

O amanhecer já pode começar com garoa na região de Santa Maria e Bagé, no estado do Rio Grande do Sul, mas aos poucos o tempo volta ficar firme e o frio ganha destaque. Conforme a frente fria avança, a nebulosidade aumenta entre Santa Catarina e o Paraná. Os próximos dias serão marcados por muita nebulosidade e chuva que vai e vem e pode vir pontualmente com moderada a forte intensidade.

CLIMATEMPO 12 a 18 de julho 2022

Assista abaixo o Boletim Climatempo. Aperte o Play!

https://www.youtube.com/watch?v=ZbMW1kYeECo

Mar agitado

Os ventos aumentam em toda a região e o mar fica agitado e com risco de ressaca desde o litoral do Rio Grande do Sul até o litoral sul de Santa Catarina, com ondas de 2,0 a 2,5m.

São previstas rajadas de vento forte desde o leste do Paraná até o litoral do Rio Grande do Sul, com velocidades de 45 a 65 km/h. Atenção! Os ventos fortes também provocam a interrupção de energia nas redes elétricas da cidade, podendo ocasionar o desligamento da rede e falta de luz.

Frio e geada

Com a passagem da frente fria, a entrada de uma massa de ar polar volta derrubar as temperaturas na Região. O risco de geada aumenta a partir de quarta-feira (13) em todo o centro, oeste e sul do Rio Grande do Sul, entre as cidades de Uruguaiana, Bagé, Santa Maria e Pelotas.

As temperaturas ficam extremamente baixas ao amanhecer, com mínimas entre 3°C e 6°C em vários municípios.

Paraná e Santa Catarina também sofrem uma queda acentuada da temperatura nos próximos dias, mas o risco de geadas é muito baixo e fica restrito apenas às áreas mais altas da Serra e do planalto paranaense.

Chuva enfraquece na costa do Nordeste nesta semana

Ainda não podemos dar tchau às ondas de leste, mas elas enfraquecem ao longo desta semana e, mesmo com potencial para chuva, os volumes são mais modestos e o sol aparece nas praias nordestinas.

Nesta semana, há previsão de chuva desde o litoral da Bahia até a costa do Maranhão, mas as pancadas de chuva são mais irregulares, pontuais e passageiras. Entre Sergipe e o leste de Pernambuco, a chuva se concentra pela manhã, ao longo do dia o sol aparece e as temperaturas sobem. A nebulosidade volta a aumentar no final da tarde.

Quarta-feira (13) deve ser um dos dias com maior potencial de chuva forte, atingindo áreas entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte, com potencial para maiores volumes em Natal. A capital do Rio Grande do Norte já registra o julho mais chuvoso desde 2008.

Entre a costa do Ceará e do Maranhão, a entrada de umidade favorece pancadas de chuva bem isoladas ao longo dos próximos dias, muitas vezes em forma de chuvas rápidas, isoladas e passageiras. Apesar da chuva enfraquecer, os ventos ainda ficam moderados no Rio Grande do Norte e o mar ainda fica agitado entre Salvador e Natal, com ondas de até 2 metros de altura.

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® é informação para quem produz

]]>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *