Curiosidades

Com 102 filhos, 568 netos e 12 esposas, fazendeiro decide parar

Segundo fazendeiro, decisão aconteceu por questões financeiras, “Minha renda ficou menor“, lamenta Musa.

Hoje vamos conhecer esta história fascinante do fazendeiro reprodutor de 67 anos que é patriarca de uma verdadeira prole com 102 filhos, 568 netos e 12 esposas, e que finalmente decidiu que estava na hora de dar um basta na sua poligâmica vida amorosa. De acordo com o The Sun, o fazendeiro Musa Hasahya pediu às suas esposas para utilizarem métodos contraceptivos para que eles não tivessem que enfrentar problemas financeiros.

Com 102 filhos, 568 netos e 12 esposas, fazendeiro decide parar

Depois de 102 filhos, 568 netos e 12 esposas, dinheiro ficou curto

Como minha renda foi diminuindo ao longo dos anos devido ao aumento das despesas e a minha família só ficava crescendo, eu vi que era hora de parar“, revelou o fazendeiro, que infelizmente não pode mais trabalhar devido a problemas de saúde.

Zulaika, sua esposa mais jovem e mãe de 11 filhos, confirmou que não tem mais intenção de engravidar, mesmo sabendo que esses métodos são tabu na Uganda. “Eu já vi como a situação financeira está ruim e agora estou tomando a pílula anticoncepcional“, declarou ela.

Com 102 filhos, 568 netos e 12 esposas, fazendeiro decide parar

Rédea curta

Musa vive com cerca de um terço dos seus 102 filhos na mesma região, em Lusaka. O mais velho tem 51 anos e o mais novo tem 6, quase 20 anos mais jovem que Zulaika. Além disso, todas as suas esposas também vivem juntas, o que, segundo ele, torna mais fácil “monitorá-las” e “impedi-las de fugirem com outros homens” da região.

Musa acredita que é impossível para um homem ficar satisfeito com apenas uma esposa. “Eu me casei com uma mulher atrás da outra. Como um homem poderia ficar satisfeito com apenas uma mulher?“, questionou ele.

Ele não esta no Guinness Book

Apesar deste número enorme de filhos, o fazendeiro Musa Hasahya não entrou para o Guiness Book. E sabe porque?

Simplesmente O Guinness World Records não tem mais um recorde de “mais filhos” devido a questões éticas e de responsabilidade social. No passado, o recorde de “mais filhos” era atribuído a famílias com muitos filhos, mas o Guinness decidiu remover essa categoria de seu livro a partir de 2011, porque entendeu que incentivar ou recompensar a procriação em grande escala pode levar a problemas de saúde e de bem-estar para os pais e os filhos, além de pressão adicional sobre os recursos e a infraestrutura da comunidade. Em vez disso, o Guinness se concentra em recordes baseados em habilidades, realizações e características únicas que não colocam em risco a saúde ou o bem-estar de qualquer pessoa.

Mas com toda certeza se houvesse essa categoria ainda, o nosso amigo Musa teria seu lugar garantido.

O canal Afrimax fez um documentário contando esta história do fazendeiro reprodutor

AGRONEWS® é informação para quem produz

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo