Doença do carrapato: seu cachorro pode estar com sintomas, confira!

Você sabia que a doença do carrapato é uma zoonose das mais graves?! Abaixo o AGRONEWS® separou para você amigo leitor maiores informações, veja a seguir:

Por Daniele Balieiro/ AGRONEWS®

O carrapato é um parasita que fica no corpo do cachorro para se alimentar do sangue, causando grande incômodo no cão. Uma das mais graves zoonoses (doenças de animais) é a doença do carrapato. Ela atinge tanto o cachorro como o gato!

Entendendo a doença do carrapato:

É uma doença infecciosa severa que acomete os cães, podendo acometer em menor número os gatos também. Ela é mais comum durante o período do verão, já que os carrapatos precisam de calor e umidade para a sua reprodução. Geralmente os sintomas da doença do carrapato são confundidos com os sintomas da Cinomose, por isso é sempre importante consultar um veterinário assim que seu cachorro se mostrar apático, diferente do dia-a-dia.

Lembre-se que a doença pode ocorrer mesmo que você não tenha percebido carrapato no seu animal, apenas o fato dele ter transitado por breve período e ter se alimentado do sangue estando infectado, já foi o suficiente para ter transmitido a doença ao cãozinho.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Sintomas da doença do carrapato:

doença do carrapato

1ª Fase aguda:

Os principais sintomas são febre, falta de apetite, perda de peso ou um simples desânimo surgem na 1ª semana até a 3ª semana após a infecção ter acometido o animal. Os cães podem apresentar nesta fase sangramento nasal, urinário, vômitos, manchas avermelhadas na pele, manchas esbranquiçadas nos olhos e dificuldades respiratórias. Na fase aguda o animal está no período de transmissão da doença.

Geralmente a doença só é percebida a partir da 2ª fase o dono só percebe a doença na segunda fase, quando mais cedo diagnosticado, maior a chance de recuperação.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

2ª Fase Subclínica:

Essa fase pode durar de 6 à 10 semanas. O animal geralmente não mostra nenhum sintoma clínico, sendo possível identificar alterações apenas através dos exames de sangue. Em raros casos os cachorros apresentam inchaço nas patas, perda de apetite, mucosas pálidas, sangramentos e até mesmo cegueira.

Quando a imunidade do animal não está alta e o organismo dele não consegue eliminar a bactéria, ele irá desenvolver a fase crônica da doença.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

3ª Fase Crônica:

Nesta fase os sintomas são percebidos mais facilmente. São eles: perda de peso, abdômen sensível e dolorido, aumento do baço, do fígado e dos linfonodos, depressão, pequenas hemorragias, edemas nos membros e maior facilidade em adquirir outras infecções. A doença começa a assumir características de uma doença auto-imune, comprometendo todo o sistema imunológico do animal.

Geralmente apresenta os mesmos sinais da fase aguda, porém atenuados, e com a presença de infecções secundárias tais como pneumonias, diarreias e problemas de pele. O animal pode também apresentar sangramentos crônicos devido ao baixo número de plaquetas (células responsáveis pela coagulação do sangue), ou cansaço e apatia.

A doença do carrapato pode levar a uma degeneração da medula (parte do corpo responsável pela produção dos glóbulos vermelhos do sangue) o que é capaz de causar uma anemia profunda e levando o animal a óbito.

Dica: Nos primeiros sintomas identificados, leve seu animalzinho para uma consulta com o médico veterinário, quanto antes iniciar o tratamento, maiores são as chances de cura!

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.