Mato GrossoGeralNotícias

Em Mato Grosso, estação meteorológica é instalada no CT da cidade de Sorriso

O Centro de Treinamento (CT) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) em Sorriso, conta com uma estação meteorológica compacta. A implantação foi realizada pela empresa parceira Agrosystem, neste mês de abril. Essa é a primeira estação em instalações do Senar no estado.

O diretor de operações do Senar-MT, Carlos Augusto Zanata, mais conhecido como Guto Zanata, expôs a satisfação da instituição em contribuir para a difusão de tecnologia no campo. “Dessa forma, o Senar-MT vai aprimorando o conhecimento do homem no campo para que ele continue evoluindo constantemente”, afirma.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

A novidade trará mais precisão aos treinamentos que dependem das condições climáticas, dentre eles o curso de aeronaves remotamente tripuladas.

Segundo o instrutor credenciado ao Senar-MT, Paulo Roberto de Oliveira Filho, agora será possível conhecer as especificidades do clima local. “A estação meteorológica fornece dados mais precisos do local do treinamento. Ela se torna uma aliada do operador de drone e ajuda no planejamento do voo”.

https://agronews.tv.br/veja-7-dicas-sobre-cria-e-recria-de-bezerras-e-novilhas/

De acordo com a assessoria da empresa parceira, a estação mensura os principais sensores padrões da meteorologia como temperatura, umidade do ar, pluviometria, velocidade e direção do vento. As informações são repassadas por meio de um receptor chamado WeatherLinkLive e podem ser acompanhadas via aplicativo disponível nos sistemas operacionais Android e IOS.

Segundo o supervisor do CT de Sorriso, Fábio Pires, os instrutores credenciados à instituição poderão analisar se as condições climáticas estarão adequadas para os treinamentos programados. “Agora teremos acesso aos dados meteorológicos que permitirão executar o treinamento de forma mais acertada”.

Operações agrícolas – Até então, os instrutores somente possuem acesso aos dados disponibilizados pela estrutura, mas a pretensão é capacitá-los para entender melhor o sistema e posterior disseminação do conteúdo.

estação meteorológica,mato grosso

“A formação consiste em entender o funcionamento, instalação (escolha de local, conectividade etc). Além disso, serão explicados os benefícios da estação meteorológica para o produtor rural, e por fim um treinamento mais técnico de como utilizar os dados nas operações agrícolas”, explicou a assessoria.

Instrutor credenciado ao Senar-MT na área de pulverização, Genimárcio Gonçalves, explica que uma das atividades que dependem de condições climáticas específicas é a aplicação de defensivos agrícolas. “Para garantir que a gota de pulverização chegue ao alvo, a velocidade do vento deve estar entre 5 e 15km/h, a temperatura abaixo de 30ºC e a umidade relativa do ar acima de 50%”.

Ainda segundo o profissional, a instalação fixa de uma estação no CT dispensa o uso de aparelhos portáteis, chamados Termo Hidro Anemômetro. “Uma estação cobre um raio acima de 15km e é o suficiente para conhecermos as condições climáticas do Centro de Treinamento”.

Fonte: CNA

AGRONEWS – Informação para quem produz

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados