Exportações de arroz crescem mais de 30% em setembro, diz Abiarroz

O ritmo das exportações de arroz (base casca) se manteve firme pelo terceiro mês consecutivo

Em setembro, os embarques do cereal totalizaram 199,3 mil toneladas, com receita de US$ 63,8 milhões, segundo a Abiarroz (Associação Brasileira da Indústria do Arroz). Os resultados representam crescimento superior a 30% em relação ao mesmo período de 2021, quando foram exportadas 130,2 mil toneladas, com divisas de US$ 41 milhões.

Confira análise do mercado do arroz, clique aqui.

No acumulado do ano (janeiro a setembro), as vendas externas de arroz (base casca) somaram 1,32 milhão de toneladas, com faturamento de US$ 401,9 milhões. Em igual período de 2021, as exportações alcançaram 817,4 mil toneladas, com receita de US$ 263,3 milhões. A projeção da Abiarroz é que os embarques possam chegar a 2 milhões de toneladas até o fim de 2022.

Ainda de acordo com os números divulgados pela associação, a partir de dados do Ministério da Economia, o Brasil importou 120,1 mil toneladas de arroz em setembro, contra 79,1 mil toneladas de igual mês de 2021. No acumulado de 2022, as importações totalizam 935,1 mil toneladas, ante 811,5 mil toneladas dos mesmos nove meses do ano passado.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Beneficiado

arroz

As exportações de arroz beneficiado também cresceram em setembro, atingindo 62,6 mil toneladas, contra 54,2 mil do mesmo mês de 2021. No acumulado do ano, os embarques do cereal beneficiado alcançaram 403,9 mil toneladas, contra 308,6 mil toneladas de igual período de 2021.

Os principais destinos do arroz beneficiado em setembro foram Cuba, Peru, Venezuela, Cabo Verde, Estados Unidos, Bolívia, Angola, Panamá, Trinidad e Tobago e Barbados.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *