Mercado FinanceiroNotícias

Leite: preço pago ao produtor teve alta, segundo Imea

leite

O preço do leite pago ao produtor em março de 2022 registrou alta de 6,01% na média de Mato Grosso ante o mês anterior e fechou em R$ 1,94/l, valor recorde para o mês desde o início da série histórica do Imea

A cotação do queijo muçarela, principal derivado fabricado no estado, seguiu o movimento altista e fechou o mês com média de R$ 26,75/kg, elevação de 9,21%
frente ao mês anterior. A valorização da matéria-prima esteve atrelada ao início do período da seca, que vem limitando a oferta no campo. Além disso, fatores como aumento no custo de produção, redução dos investimentos e saída de produtores da atividade impulsionaram o movimento de retração no volume ofertado.

A quantidade diária de leite captado refletiu este cenário e apontou queda de 10,06% de fevereiro de 2022 para março de 2022, o que impulsionou a valorização da matéria-prima para o período.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

Elevação: pautado por uma queda na oferta, houve avanço nos preços do leite UHT de 1,45% ante a fev.22, com isso, o preço médio fechou a R$ 3,50/l.

Aumento: por causa da maior procura por leite em pó e queijos oriundos dos países vizinhos, as importações brasileiras registraram aumento de 26,06% em março de 2022.

Reduziu: devido à valorização do preço médio pago ao produtor, a relação de troca com o milho caiu 2,61%, sendo assim, a média ficou em 40,67l/sc.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
GeralNotícias

"Agro da Gente" agora é Lei em Cuiabá-MT

Mercado FinanceiroNotícias

Soja: confira o último levantamento da safra 2021/22, segundo Imea

Diárias de MercadoNotícias

Boi: confira o relatório de abate bovino de março/22, segundo Imea

GeralNotícias

Secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do Indea serão ouvidos pela CPI do Leite nesta quarta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.