Mercado do boi 04 de outubro 2022

Exportação do boi segue em alta, já preço interno cai, de acordo com Cepea

As exportações brasileiras de carne bovina in natura vêm se sustentando em patamares elevados ao longo deste ano. Depois de o volume embarcado ter ficado acima de 200 mil toneladas em agosto e em setembro, somou quase 190 mil toneladas em outubro.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse bom desempenho, contudo, não foi suficiente para impedir que o boi gordo se desvalorizasse em outubro no mercado interno. No acumulado do mês (entre 30 de setembro e 31 de outubro), o Indicador do boi gordo CEPEA/B3 recuou quase 4%.

De acordo com análise da semana anterior, “Trata-se, também, da menor diferença desde outubro do ano passado, quando a carne chegou a ser negociada a 17,36 Reais/arroba acima do boi gordo – aqui ressalta-se que, há um ano, os valores da arroba operavam em baixos patamares, devido à suspensão dos envios de carne à China, por conta do caso atípico de ‘vaca louca’ “.

Dados da Secex indicam que o Brasil embarcou em outubro 188,56 mil toneladas de carne bovina in natura, queda de 7,3% frente a setembro/22, mas expressiva alta de 129,42% frente a outubro/21 (quando, vale lembrar, os envios de carne à China, maior destino da proteína nacional, estavam suspensos) e 16% acima da de outubro/20. Trata-se, também, do maior volume já exportado em um mês de outubro.

Na análise feita para o estado de Mato Grosso, “Arroba do boi gordo e da vaca gorda cai em Mato Grosso e se aproxima dos resultados obtidos no período do embargo chinês de 2021”. Clique aqui para saber mais.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Confira o gráfico do indicador do boi gordo abaixo:

boi

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *