Milho: etanol de milho recua em 2022

Durante a primeira quinzena de setembro, a margem bruta de processamento (MBP) das usinas de etanol de milho em Mato Grosso apresentou recuo expressivo de 37,16% no comparativo com a média de agosto e totalizou R$ 321,42/toneladas

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

Dentre os fatores para o resultado da menor margem registrada desde o início da safra 2022/23 (abril-março), foi o recuo nas cotações do etanol hidratado, que exibiu redução de 21,52% na primeira quinzena de set.22 ante a ago.22, e ficou a uma média de R$ 2,02/l (sem imposto) em Mato Grosso.

A justificativa pela queda nos preços do biocombustível está atrelada ao início da colheita da cana-de-açúcar em Mato Grosso, além do recuo nos preços da gasolina – seu principal concorrente. Ainda, a desvalorização dos coprodutos do biocombustível no estado, DDG e óleo de milho, auxiliaram na redução da MBP estadual.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • Milho CME: o preço da saca de milho na CME Group fechou a semana com queda de 1,84% e ficou cotada a US$ 6,84/bu, justificada pelo avanço da colheita no EUA;
  • B3: no mercado nacional, a cotação do milho fechou com alta de 5,06% e fechou a semana em R$ 89,38/sc, devido o aumento da demanda para exportação;
  • Dólar: a moeda americana fechou a semana com desvalorização de 0,07%, com o aumento da taxa de juros no Brasil, uma tentativa do governo de desestimular o consumo.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *