Mercado FinanceiroNotícias

Na Argentina, safra de soja e milho piora

soja-15

Chuvas ao longo desta semana em áreas do centro do cinturão agrícola reduziram o impacto da safra de soja e milho

A Bolsa de Cereais de Buenos Aires anunciou que caiu a qualidade das lavouras de soja e milho na Argentina nessa semana na comparação com a anterior. Assim como a Região Sul do Brasil, aponta a Consultoria AgResource Brasil, o país vizinho foi castigado por uma onda de calor histórica, que fez os termômetros superarem os 40°C.

O boletim semanal da entidade aponta que a safra de soja no país em boa condição registrou recuo de um ponto percentual, saindo de 31% na última semana para 30%. Atualmente, 43% das lavouras são consideradas normais e 27% são avaliadas como regulares/ ruins.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Por outro lado, a Bolsa de Cereais de Buenos Aires afirmou que as chuvas ao longo desta semana em áreas do centro do cinturão agrícola reduziram o impacto da piora da condição das lavouras das áreas mais adiantadas. Neste sentido, as áreas de soja com condição hídrica ótima/adequada, por exemplo, subiram de 40% para 48% na semana.

“Cerca de 52% das áreas da oleaginosa são avaliadas como regulares/ secas. Enquanto isso, o plantio da soja argentina avançou 2,3 pontos percentuais na semana, atingindo agora 94,8% das áreas, número abaixo das 98,6% semeadas no ano anterior e 99,3% da média dos últimos cinco anos. Cerca de 95% a soja primeira safra e 94,6% da segunda safra está plantada, ambas atrasadas em comparação com a safra passada e a média dos últimos cinco anos”, aponta a AgResource Brasil.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

MILHO

Assim como na soja, destaca a filial da empresa norte-americana AgResource Company, a safra de milho da Argentina em boa condição registrou um recuo de um ponto percentual, de 23% para 22%. Atualmente, 41% das lavouras do cereal são consideradas normais e 37% possuem condição ruim. A Bolsa de Cereais de Buenos Aires comenta que as chuvas acumuladas nos dias anteriores não foram capazes de parar a deterioração das lavouras precoces até o momento.

Fonte: Abramilho

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
GeralNotícias

Rally da Safra avaliará lavouras de milho 2ª safra no Sudeste do MT e Sudoeste de GO

Mercado FinanceiroNotícias

Milho: bolsa de Chicago teve leve recuo, confira!

Diárias de Mercado

Soja: negócios ficam lentos e preços seguem enfraquecidos

Diárias de MercadoNotícias

Milho: agentes voltam a ficar otimistas com 2ª safra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.