Mercado FinanceiroNotícias

Oferta e demanda do algodão em Mato Grosso

De acordo com o Imea, a oferta da pluma para a safra de algodão 2021/22 exibiu recuo de 1,38% ante o último relatório, totalizando 1,81 milhão de toneladas

Diante desse reajuste, a demanda ficou em 1,81 milhão de toneladas. Desse total, espera-se que 75,49% sejam destinados ao mercado externo e 24,43% ao consumo nacional. Para a safra 2022/23, a produção apresentou queda de 9,41% ante a última divulgação, pautado pelo reajuste na área destinada à safra futura. No entanto, a oferta ainda é maior que a da safra 2021/22, devido à expectativa de melhor rendimento nesse ciclo.

Para a demanda, estima-se que serão exportadas 1,59 milhão de toneladas, aumento de 15,84% ante a safra 2021/22, reflexo da maior produção na temporada. Por fim, com a expectativa de uma melhora na economia do Brasil, é projetado um aumento de 3,54% no consumo nacional do algodão frente ao ciclo 2021/22, totalizando 459,10 mil toneladas.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Artigos relacionados

Mercado Financeiro

algodão
  • Alta: refletindo a perspectiva de menor oferta da fibra de algodão, principalmente vinda da Índia e do Paquistão, o contrato de dez/23 expôs aumento de 1,07%, precificado na média de ¢ US$ 79,06/lp.
  • Valorização: seguindo as altas dos preços do algodão em NY, o indicador Imea da pluma apresentou elevação de 0,90% na semana, cotado na média de R$ 169,65/@;
  • Desvalorização: com as cotações do petróleo caindo no mercado internacional, o preço do poliéster exibiu baixa de 1,19% no comparativo semanal.

Por Daniele Balieiro com informações do Imea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo