Ovos: cotações seguem pressionada devido baixa liquidez

O ritmo de negócios no mercado de ovos comerciais está enfraquecido, o que costuma ocorrer no final de cada mês, pressionando os valores da proteína em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea

Entre 23 e 30 de agosto, a desvalorização mais intensa foi verificada em Santa Maria de Jetibá (ES), e a segunda mais expressiva, em Bastos (SP) – as principais regiões produtoras de ovos do País.

De acordo com colaboradores do Cepea, apesar do movimento de queda dos preços, não há excesso de oferta da proteína, como era observado no mesmo período do ano passado. Em agosto/18, granjeiros intensificaram os descartes de poedeiras para ajustar a produção – que estava elevada – e, assim, diminuir a pressão sobre as cotações.

Fonte: Cepea

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.