Pecuarista ensina como ganhar dinheiro andando na contramão da maioria

Você está satisfeito com os resultados da sua fazenda? Se ainda não, acompanhe essa dica superinteressante feita pelo pecuarista, Joel Pinheiro, que mostra como ter lucros com gado em períodos de crise, aumentar a rentabilidade mesmo em períodos em que a maioria está perdendo dinheiro com o gado e como usar os sabiamente os recursos naturais a seu favor. Confira!

O pecuarista de sucesso

Segundo Joel, os pecuaristas de sucesso ganham dinheiro mesmo quando a maioria está perdendo dinheiro, os pecuaristas de sucesso têm lucratividade mesmo quando o preço da arroba do boi está em baixa, quando o preço de todos os animais, inclusive bezerro novinho, estão em queda. Em síntese, os pecuaristas de sucesso andam na contramão da maioria e isso é um fato que poucos conhecem. Mas você vai conhecer a partir de agora.

Andar na contramão da maioria

Mas como assim na contramão de todo mundo? Calma que vamos explicar. Andar na contramão da maioria e ir na direção oposta ao que o mercado está indo, por exemplo: quando a maioria dos pecuaristas estão querendo vender o gado, os pecuaristas de sucessos querem é comprar o gato. Quando a maioria dos pecuaristas estão querendo comprar gado, os pecuaristas de sucesso querem vender o seu gado. Parece loucura, mas quando o preço está lá embaixo eles compram e quando o preço está em alta eles vendem.

Para entender melhor isso, abaixo você confere os dados de preço da arroba do boi dos últimos 4 anos, e observe o preço no final da seca e no início das águas. Vejam que no final da seca de 2019 @ estava R$ 146,72, em janeiro 2020 estava R$ 181,76, um aumento de 24,3%. No final das secas em 2020 já estava R$ 235,17 e em janeiro de 2021 já estava R$ 265,38, um aumento de 12,8%. Vamos continuar, final da seca de 2021 estava R$ 294,15 e em janeiro passou para R$ 312,11, ou seja, um aumento de 5,9%. Agora nós estamos no final da seca de 2022 e o preço médio nacional está em torno de R$ 268,94, que possivelmente deve aumentar no período das águas.

Pecuarista ensina como ganhar dinheiro andando na contramão da maioria

Amigo produtor, todos nós sabemos que a maioria dos pecuaristas não se organizam e por isso acabam comprando quando o preço está em alta e vendendo quando os preços estão em baixa. É só entrar no período das águas, o pasto cresce e todo mundo vai comprar o gato. Isso faz com que o preço aumente – isso é a lei da oferta e procura. E quando o passo acaba, todos querem vender e o preço do gato vai lá para baixo.

Dicas de ouro

Talvez nesse momento você esteja aí se questionando com você mesmo: é claro que eu vou comprar gado na hora que eu tenho pasto. Como eu vou comprar gado se eu não tenho parto para tratar?

Amigos, é aí que está a diferença de um profissional da pecuária ou pecuarista de sucesso. Existem dois aspectos que o pecuarista precisa profissionalizar para ter uma boa rentabilidade no seu negócio, são eles: custo de produção e comercialização dos animais.

Então para começarmos nossas dicas de ouro, vamos dar um exemplo bem simples de gado criado a pasto.

Pecuarista ensina como ganhar dinheiro andando na contramão da maioria

Nas águas

Todos nós já sabemos que a cada ano existe o período das águas e o período da seca. Normalmente nas águas, o custo de produção é muito mais barato que em outros períodos, já que tudo está a nosso favor, temos luminosidade, temperatura e umidade. É justamente no período das águas que temos a oportunidade de nos preparar para o período da seca que vem logo em seguida.

Por isso, temos que aproveitar o máximo do potencial desse período e garantir reservas para enfrentar as adversidades, mas infelizmente não é isso que acontece. A maioria dos pecuaristas vê a facilidade do período das águas e acabam deixando perder o excedente de pastagens. Sobra capim nos pastos que são mal manejados, não há um planejamento forrageiro e o pecuarista mal sabe o quanto de capim vai precisar para o período da seca e por isso acaba não estocando o capim.

Na seca

Durante o período das águas, o pecuarista comum não faz silagem ou até mesmo prepara uma capineira, um canavial para tratar os seus animais no período da seca. Então neste caso, precisa ficar muito atento ao custo de produção. Não ter comida no período da seca é sinal de prejuízo certo. Gado acaba perdendo peso e é preciso vender os animais quando o preço está em baixa para não perder mais dinheiro. Então a primeira dica sobre os custos de produção é: Fazer um planejamento para os períodos recorrentes, nas águas e na seca. Trabalhar sem ter um planejamento forrageiro é correr o risco de jogar fora tudo que os seus animais ganharam no período das águas.

Pecuarista ensina como ganhar dinheiro andando na contramão da maioria

Comercialização

O segundo aspecto importante para um pecuarista de sucesso é a comercialização dos animais. Veja bem, o produtor só ganha dinheiro na pecuária comprando e vendendo bem os seus animais. Só o fato do pecuarista fazer um planejamento alimentar, ou seja, ter comida para o gado quando a maioria dos pecuaristas não tem pasto, faz com que esse produtor saia na frente da maioria. Pois além de produzir uma arroba mais barata, esse produtor vai poder comprar animais quando a maioria está querendo vender.

Como dissemos, o pecuarista de sucesso anda na contramão da maioria, por isso ele compra gado quando todos querem vender e vende seu gado quando todos querem comprar. Então seguir o caminho mais fácil dá muito menos trabalho, mas é um caminho muito mais difícil de conseguir prosperar.

O caminho certo

Para exemplificar, o caminho mais fácil é no período das águas. E nesse período a gente observa vários pecuaristas fazendo apenas tradicional, ou seja, quando se tem abundância de pasto, o capim está verde, saudável normalmente o gado ganha peso facilmente. Então o pecuarista comum relaxa, porque vê o seu bezerro crescendo, ganhando peso e então ele deixa o gado ali, só isso. Esse é o caminho mais fácil. Ele não faz o manejo correto, não faz as divisões das pastagens, não aproveita a sobra do capim, ele não faz do seu pasto uma lavoura, não faz o planejamento forrageiro para o período da seca e quando a seca chega a paz acaba.

O que resta para esse produtor é comprar comida justamente no período em que tudo está mais caro. Aí ele vai atrás de comprar silagem, ração ou qualquer outro volumoso para que seu gado não venha a perder peso. E tem a pior opção, que é vender o gado em um período que que os preços estão em queda.

Por outro lado, o pecuarista de sucesso se programa, vai na contramão da maioria, faz diferente e procura produzir o máximo no período das águas, onde tudo está a seu favor. Neste caso, procura dividir as pastagens, faz um manejo adequado, obedece a altura dos capins, trata o capim como se fosse uma lavoura, ou seja, ele colhe tudo que produz.

O pecuarista de sucesso planta uma capineira correta, faz silagem ou prepara um canavial. O pecuarista inteligente faz um planejamento forrageiro durante o período das águas para facilitar o período da seca, onde todas essas condições contribuem para ele ter comida quando a maioria dos pecuaristas não tem. Isso lhe dá oportunidade de comprar gado quando a maioria quer vender, esse é o segredo do sucesso, comprar gado quando a maioria quer vender.

Portanto meus amigos, não busquem o caminho mais fácil! Vamos aproveitar esse momento, pois nós estamos entrando agora no período das águas, e como dissemos antes, aproveite o máximo do potencial do seu passo, aproveite todo esse potencial que Deus está nos mandando. Tudo nesse momento é favorável, a chuva, a temperatura e o verde das pastagens. Lembre-se que se você plantar corretamente, vai colher bons frutos. Não relaxe no período das águas, ao contrário, trabalhe dobrado e se prepare para a seca, que com certeza virá.

E lembre-se, o pecuarista de sucesso anda na contramão da maioria!

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

One thought on “Pecuarista ensina como ganhar dinheiro andando na contramão da maioria

  1. Interessante se aproveitar dessa oportunidade via bolsa de valores, mas infelizmente muitos produtores ainda não conhecem as ferramentas. Atuo buscando ajudá-los a melhorar seus rendimentos no mercado financeiro em conjunto com o mercado físico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *