“Percepções Sobre o Agro. O Que Pensa O Brasileiro”, pesquisa revela sentimento positivo da população

“Percepções Sobre o Agro. O Que Pensa O Brasileiro”, pesquisa Idealizada pelo Movimento Todos a Uma Só Voz, mostrou que 7 em cada 10 pessoas têm uma percepção positiva em relação ao Agronegócio. O levantamento foi divulgado em uma live realizada na manhã desta quarta-feira (28).

Em evento realizado hoje, 28 de setembro, na Fundação Dom Cabral (FDC), com transmissão por meio do canal do YouTube do Movimento Todos a Uma Só Voz, foi apresentado um relatório final com dados da pesquisa sobre a percepção sobre o Agro brasileiro. “O conhecimento é a base de tudo. Pesquisas como essa nos aproximam dos stakeholders e nos abrem caminhos para o desenvolvimento”, afirmou o Coordenador da Academia Global do Agronegócio da FDC, Marcelo Brito.

O presidente da Associação Brasileira de Marketing Rural – ABMRA, Ricardo Nicodemos, conduziu o webinar que apresentou dados importantes sobre o panorama da comunicação e imagem do agronegócio brasileiro. Ricardo aproveitou a oportunidade para salientar a importância da união de forças das diversas atividades desenvolvidas no setor agro. “Nós ouvimos muito falar de arroz com feijão, pão com manteiga, café com leite, mas na prática não havia essa unidade, esse trabalho em conjunto. A partir dessa percepção nasceu o projeto Todos a Uma Só Voz.“, explica Nicodemos.

Na ocasião foi demonstrado um relatório com os resultados do estudo mais aguardado dos últimos tempos e que mostra o que a população brasileira pensa sobre o Agro do seu País.

Percepções Sobre o Agro. O Que Pensa O Brasileiro

O levantamento entrevistou 4.215 pessoas distribuídas por todas as regiões do Brasil, diversas faixas etárias e diferentes classes sociais. Neste total da amostra, a maioria (65%) declarou ter uma atitude positiva em relação ao Agronegócio. No extremo oposto, 22% indicaram que boicotariam o setor, enquanto 43% seriam neutros.

Percepções Sobre o Agro. O Que Pensa O Brasileiro

Paulo Rovai, Executivo C-Level de Marketing e Comunicação e Professor na ESPM, que coordenou a pesquisa, apresentou dados que chamaram a atenção de todos, de que a imagem do agronegócio é positiva para a maioria da população, diferente daquilo que muito imaginavam.

A pesquisa revelou de quem já trabalhou (84%) ou tem parentes que trabalham no Agronegócio (80%) tendem a avaliar o setor de maneira mais positiva. Por outro lado, a faixa etária de 30 a 59 anos tendeu a ser mais crítica que o total da amostra em aspectos ambientais. “Para esta faixa etária, o Agro é mais descrito como responsável por impactos ambientais e má utilização de recursos hídricos”, pontuou Rovai.

Para ele, esses recortes são importantes porque vão ao encontro aos objetivos da pesquisa, que pretende identificar o que o brasileiro pensa sobre o Agronegócio para que os resultados norteiem um plano de comunicação entre o setor e a sociedade urbana.

Com rigor científico, metodologia e base teórica sólida, a pesquisa tem a intenção de trazer à tona a mais próxima percepção que o brasileiro tem sobre o setor a fim de contribuir para o posicionamento dos diversos segmentos e atividades que o compõem para fortalecer a marca Agro no Brasil”, explicou Rovai.

Acompanhe a transmissão abaixo!

Sobre a Pesquisa

As perguntas da pesquisa foram aplicadas em uma amostra nacional, com 4.215 entrevistas, para representar todos os estratos e perfis da sociedade brasileira, e realizada pela Brasil Panels – considerado o maior painel digital do País, com mais de 2 milhões de pessoas cadastradas e ativas.Essa amostra seguiu as cotas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para gênero, idade, classe social (por faixa de renda familiar) e regiões geográficas.No total, a pesquisa contemplou entrevista com mulheres (52%) e homens (48%) com pessoas entre 15 a 29 anos (30%); 30 a 59 anos (52%) e mais de 60 anos (18%), divididas nas classes A (1%), B (11%), C (39%) e D/E (49%) nas Sudeste (42%), Nordeste (26%), Sul (14%), Norte (9%) e Centro-Oeste (9%).

Para baixar a pesquisa completa acesse: https://todosaumasovoz.com.br/

Sobre o Todos a Uma Só Voz

Lançado oficialmente em fevereiro de 2021, conta com a ajuda de diversas associações, empresas e profissionais que trabalham unidos em prol de gerar e disseminar conhecimentos de boa qualidade e estimular a empatia da população urbana pelo campo e pelos produtores e produtoras.O Movimento tem o apoio institucional da ESALQ/USP, FUNDAÇÃO DOM CABRAL, ABAG, ABAGRP, ABCC, ABIARROZ, ABIEC, ABISOLO, ABITRIGO, ABMRA, ABPA, ABRAFRUTAS, ABRALEITE, ABRASEL, AGRITECH – UFLA, AGROLIGADAS, AGROLINE, AGRORESET, AIPC, AMA BRASIL, ANDA, ANDAV, APROSOJA-RO, ASBRAM, CAPITALISMO CONSCIENTE, CECAFÉ, CESB, CIA DE ESTÁGIO, CICARNE, CONGRESSO DAS MULHERES, CROPLIFE, DE OLHO NO MATERIAL ESCOLAR, FENEP, IBA, IBRAHORT, LIGA DO AGRO, MULHERES DO BRASIL – COMITÊ AGRONEGÓCIOS, PECEGE, SAE BRASIL, SINDAN, SINDIRAÇÕES, SISTEMA OCB, SNA, YAMI 2022. Conta com o apoio comercial das empresas Attuale Comunicação, Coelho&Morello, Companhia de Estágios, Lamarca, RCom Eventos, RV Mondel, TrahLahLah.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *