Preço do diesel continua em queda, aponta Ticket Log

Preço do diesel continua em queda nos postos brasileiros no início de 2023, aponta Ticket Log

Quando comparado ao mesmo mês de 2022, o valor para os dois tipos de diesel ainda está 18% mais caro para os motoristas.

Com recuo de 0,64% em relação a dezembro, o preço médio do litro do diesel comum fechou os primeiros dias de janeiro a R$ 6,79. Já o litro do diesel S-10 foi comercializado a R$ 6,91 no período, com redução de 0,61%. É o que aponta o mais recente Índice de Preços Ticket Log (IPTL). “O diesel segue a mesma tendência de baixa dos últimos meses de 2022 e continua em queda neste início de 2023. De acordo com o IPTL, quando comparamos o preço dos dois tipos com janeiro de 2022, o valor ainda está 18% mais caro para os motoristas”, destaca Douglas Pina, diretor-geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

Nos destaques regionais, o combustível ficou mais caro para quem abastece no Sul e no Centro-Oeste. Já as demais regiões apresentaram queda no preço médio, a exemplo do Norte, onde o tipo comum fechou o período a R$ 7,23, com recuo de 1,27%; e o tipo S-10 a R$ 7,37, com redução de 1,31%.

Mesmo registrando as reduções mais expressivas entre as demais regiões, o Norte comercializou os dois tipos de diesel pelo preço médio mais caro do País. Já as médias mais baratas foram encontradas nos postos de abastecimento do Sul, a R$ 6,36 o comum e R$ 6,46 o S-10, apesar dos respectivos acréscimos de 0,46% e 0,58%.

Na análise por Estado e o Distrito Federal, o preço do litro do diesel oscilou entre aumentos e reduções em todo o Brasil. O recuo mais expressivo para o tipo comum foi identificado no Acre, a 4,77%, que passou de R$ 7,57 para R$ 7,21; e o preço médio mais baixo foi comercializado no Rio Grande do Sul, a R$ 6,24. Com o tipo comum a R$ 6,77, a Bahia se destacou no ranking do maior acréscimo para o combustível, de 4,09%. A média mais elevada para o litro foi identificada em Roraima, a R$ 8,06.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Já a maior redução para o tipo S-10 foi registrada nas bombas de abastecimento do Amapá (3,33%), onde o combustível foi comercializado a R$ 7,87. O preço médio mais baixo para esse combustível foi registrado no Rio Grande do Sul, a R$ 6,36. Assim como para o tipo comum, a Bahia também registrou o aumento mais expressivo para o tipo S-10, de 4,81%, e o combustível fechou a R$ 6,93. Já a média mais alta para esse combustível também foi identificada nos postos de Roraima, a R$ 8,00.

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *