Direito AmbientalDestaqueNotícias

Fique atento às mudanças na Legislação Ambiental

No quadro de Direito Ambiental desta semana, você vai conferir algumas curiosidades sobre as mudanças na Legislação Ambiental ocorridas no final de ano e com o novo Governo Federal.

A Dra. Alessandra Panizi, especialista em Direito Agroambiental esclarece os detalhes que merecem atenção e as mudanças mais significativas ocorridas recentemente. Aperte o Play e confira!

Mudanças na Legislação Ambiental

O CAR – Cadastro Ambiental Rural Nacional retorna para a gerencia do Ministério do Meio Ambiente, os efeitos (Estadual) por enquanto nenhum, já que o Estado Possuiu o seu próprio sistema – SIMCAR/ CAR Estadual, a longo prazo poderão ocorrer mudanças nas normas federais sob a perspectiva da visão do MMA e seus gestores o que poderá alterar a nossa Política Estadual de Gestão de Florestas, então é preciso ficar atento.

A gestão de florestas públicas, normatizada pela Lei 11.284/2006 passa a prever o direito de comercializar créditos de carbono, além de produtos e serviços florestais não madeireiros, como previa.

Isso ocorreu por meio da MedProv.1.151/22, que também previu que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) habilite agentes financeiros, públicos ou privados, para atuar nas operações de financiamento com recursos do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima (FNMC). Anteriormente só podiam ser habilitados o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e outros agentes financeiros públicos.

O objetivo é cumprir o compromisso assumido pelo Brasil em reduzir até 2023, 50% das suas emissões de CO2 equivalente de dióxido de carbono com base nas emissões de 2005.

As diversas inovações buscam reduzir os entraves existentes na Lei 11.284/2006 que diminuíam a atratividade das concessões.

Por fim, todas as inovações, em tese não geram impactos financeiros ou orçamentários, mas também não irá gerar diminuição de receita para o ente público, porém a referida MedProv precisa ser votada pelo Congresso nacional até dia 02 de abril de 2023.

E não menos importante, foi a extinção das audiências de conciliação do IBAMA, assunto tratado anteriormente.

Importante mencionar que o procedimento de conciliação na SEMA permanecem vigentes.
No nosso próximo vídeo trataremos sobre o tema.

Se tiver dúvidas ou precisar de auxílio de um especialista, entre em contato através do formulário abaixo.

Panizi

Dra. Alessandra Panizi

Dra. Alessandra Panizi - Agronews

Doutora em Ciências Jurídicas e Sociais junto à UMSA Universidad del Museo Social Argentino. Especialização em Perícia Auditoria e Gestão Ambiental – Oswaldo Cruz. Especialização em Direito Agroambiental – Fundação Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso. Especialização em Capacitação às Carreiras Jurídicas – Fundação Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso. Graduação em Direito pela UNIC – Universidade de Cuiabá.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo