Soja: valorização nas cotações fazem negócios voltarem a fluir novamente

Os produtores que estavam segurando seu produto aproveitaram o momento oportuno para realizar negócios. A valorização nas cotações da soja durante o mês de agosto impulsionou a comercialização da oleaginosa em Mato Grosso.

Conforme Boletim divulgado pelo IMEA na última sexta-feira, até o mês de agosto, 94,93% da produção da safra 18/19 já está negociada, um incremento mensal de 7,88 p.p., algo incomum para a reta final da comercialização da safra.

No que diz respeito a safra 19/20, foi registrado um avanço mensal de 5,70 p.p., atingindo 31,00% da produção negociada. A valorização na moeda norte-americana, atrelada aos bons patamares dos prêmios nos portos brasileiros, alavancou os preços. Sendo assim, os volumes negociados durante o mês de agosto registraram preço médio de R$ 71,27/sc para a safra 18/19 e R$ 68,53/sc para a safra 19/20, alta de 9,36% e 5,80%, respectivamente, esse foram os maiores preços registrados desde o início das negociações.

Soja: valorização nas cotações fazem negócios voltarem a fluir novamente

Na última semana o preço médio do grão em MT fechou cotado a R$ 72,23/sc, leve retração semanal de 0,51%. A queda na moeda norteamericana e nos prêmios portuários afetou as cotações.

O prêmio corrente para o porto de SantosSP apresentou queda de 8,27% ante a semana passada, a US$ 1,38/bushel.

O contrato corrente na CME-Group finalizou a semana a US$ 8,64/bushel, elevação de 1,27%. O mercado aguarda as atualizações do relatório do USDA.

A relação soja farelo/óleo fechou a semana com alta de 13,05%, influenciada principalmente pelo enfraquecimento nas cotações da oleaginosa ante a última semana.

Confira abaixo o Relatório completo.

[elfsight_file_embed id=”3″]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.