Tempestade congelante atinge EUA com temperaturas abaixo de 40º C negativos

As pessoas expostas ao frio extremo estão suscetíveis ao congelamento em questão de minutos”, advertiu o serviço de meteorologia. Região entre Colorado e Wyoming a temperatura com ventos gelados despencou para 40° C negativos.

Tempestade congelante atinge EUA com temperaturas abaixo de 40º C negativos

Uma brutal onda polar vinda da Sibéria avança pelos Estados Unidos e provoca uma queda fenomenal da temperatura que impressiona os mais experientes meteorologistas. O presidente dos EUA, Joe Biden, falou sobre a tempestade em uma reunião informativa na Casa Branca, dizendo que “Isto não é como um dia de neve quando você era criança… isto é algo sério“, alertou Biden. Ele aproveitou para pedir às pessoas que sigam as advertências das autoridades locais.

O frio extraordinário associado a uma massa de ar do Ártico de origem siberiana pode agravar ainda mais a situação e piorar a tempestade de inverno, que já foi classificada como única em uma geração.

Tempestade congelante atinge EUA com temperaturas abaixo de 40º C negativos

A tempestade já causou o cancelamento de mais de 1.800 voos nos Estados Unidos e pelo menos cinco estados (Kentucky, Missouri, Oklahoma, Geórgia e Carolina do Norte) já implementaram planos de emergência. É provável que outros estados também façam o mesmo.

Os meteorologistas preveem que a tempestade vai rapidamente se transformar em um “ciclone bomba” congelante, quando a pressão cai 24hPa em pelo menos 24 horas e uma massa de ar frio se encontra com outra de ar quente.

O Serviço Meteorológico Nacional (NWS) emitiu mensagens de alerta no Twitter, informando que rajadas de neve já estão ocorrendo ou são esperadas nas planícies centrais até as costas Leste e Nordeste do país. As pessoas expostas ao frio extremo são suscetíveis ao congelamento em questão de minutos, segundo o serviço de meteorologia.

As áreas mais propensas ao congelamento são a pele desprotegida e as extremidades, como mãos e pés, e a hipotermia é outra ameaça durante o frio extremo.

O meteorologista do Serviço Meteorológico Nacional (NWS) Michael Charnick publicou um vídeo no Twitter no qual é possível observar motoristas lutando contra o tempo ruim em uma estrada entre Colorado e Wyoming, onde a temperatura com ventos gelados despencou para 40°C negativos.

As pessoas expostas ao frio extremo estão suscetíveis ao congelamento em questão de minutos”, advertiu o serviço de meteorologia. “As áreas mais propensas ao congelamento são a pele desprotegida e as extremidades, como mãos e pés. A hipotermia é outra ameaça durante o frio extremo”.

*com informações de METSUL
AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *