Algodão: em MT, a paridade julho de 2023 apresentou redução

De acordo com o Imea, a área do algodão da safra 2021/22 em Mato Grosso foi de 1,18 milhão de hectares (ha), 22,41% maior que o registrado na safra 2020/21

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

Á medida que o beneficiamento do algodão avança no estado, é possível mensurar o real impacto das
adversidades climáticas no rendimento aguardado para o ciclo. Diante disso, a produtividade exibiu
reajuste negativo de 0,72% ante o último relatório, prevista em 251,35 @/ha. Desse modo, a produção
está estimada em 4,43 milhões de toneladas, volume 10,80% superior ao da safra 2020/21, puxado pelo
incremento na área desta temporada.

No que tange à safra de algodão 2022/23, a nova estimativa não trouxe reajuste para os dados do ciclo futuro, sendo projetada uma área recorde de 1,30 milhão de ha para a temporada, 10,39% superior ao consolidado da safra atual (2021/22).

Em relação à produtividade, ainda há fatores incertos que limitam a previsão, que continua estimada em
278,26 @/ha. Assim, é esperado que a produção da safra 2022/23 seja de 5,42 milhões de toneladas, a maior de toda a série histórica do Instituto.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • Redução: devido às incertezas quanto à economia global, o contrato dezembro de 2022 da pluma em Nova York exibiu queda de 8,40% no comparativo semanal, cotado na média de ¢ US$ 87,09/lp;
  • Baixa: em Mato Grosso, a paridade julho de 2023 apresentou redução de 3,33% quando comparado com a semana passada, precificada a R$ 161,66/@;
  • Queda: refletindo os recuos das cotações na Bolsa de NY, o preço Imea da pluma exibiu baixa de 4,85% na semana. cotado na média de R$ 183,20/@.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *