Cagaita – fruta do cerrado cheia de benefícios que talvez você não conheça

A Cagaita tem diversas propriedades e benefícios que você precisa conhecer

A Cagaita é considerada uma fruta exótica brasileira, pequena, de cor amarela e polpa suculenta. Está presente em todo o bioma Cerrado, especificamente na região Centro-Oeste. Seu sabor é ácido e sua textura, macia. Algumas propriedades chamam a atenção nesta fruta até certo ponto desconhecida de muitos, pois ela é pouco calórica, rica em vitamina C, antioxidantes e fibras. Os frutos são bastante consumidos, tanto ao natural como na forma de doces, geleias, sorvetes e sucos, podendo ter sua polpa congelada por até um ano.

Sua árvore é de porte médio, de três a quatro metros de altura, com ramos tortuosos, tem tronco enrugado e folhas que lembram as da goiabeira. A árvore floresce de agosto a setembro e frutifica de setembro a outubro. A fruta é globosa e achatada, de dois a três centímetros de diâmetro, de coloração amarelo-pálida, com uma a três sementes brancas envoltas em polpa de coloração creme, de sabor acidulado.

Cagaita - fruta do cerrado cheia de benefícios que talvez você não conheça

Fruta exótica e laxante

Esta fruta, in natura, deve ser consumida com cautela por possuir propriedades laxantes. Especialmente pela quantidade de frutos ingeridos, principalmente quando quentes ao sol, o que gera um efeito desagradável responsável tanto pelo nome popular (Cagaita) como pelo científico (E. Dysenterica). Deve-se evitar o seu consumo quando já caídas do pé, pois podem estar fermentadas, o que aumenta a possibilidade de ocorrer seu efeito laxante. Vale lembrar que os frutos também são consumidos por aves e outros animais.

Continue lendo este artigo especial para entender os benefícios reais do consumo desta fruta rica em vitaminas e antioxidantes. (Tabela nutricional logo abaixo)

Cagaita - fruta do cerrado cheia de benefícios que talvez você não conheça
Cagaiteira em época de floração – foto: Brandizzi

Cagaiteira (Eugenia dysenterica (Mart.) DC.; Myrtaceae) é uma árvore

Esta planta do cerrado, encontrada nos estados brasileiros de Goiás, Piauí, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia,e Minas Gerais, produz um fruto chamado cagaita. Pertence à família Myrtaceae, a mesma da jabuticaba, goiaba, jambo, araçás e eucaliptos.

A Cagaiteira floresce entre os meses de agosto e setembro e frutifica nos meses de setembro e outubro. Seu uso pode ser alimentar, medicinal e, por ser muito bonita na época de floração, também é utilizada para arborização, podendo alcançar os 10 metros de altura.

Características gerais da planta

A Cagaiteira, é uma árvore de médio a grande porte, apresentando copa densa de formato variado. O tronco é tortuoso, assim como os ramos, e possui uma casca grossa e fissurada. No paisagismo apresenta estonteante beleza ornamental, com todas as suas fases marcantes. Na época de floração, a copa fica completamente florida e praticamente sem folhas. Após esta fase, a copa se colore de cor chocolate, cor de suas novas folhas. E no período de frutificação, um amarelo intenso e vibrante contagia a paisagem.

A Cagaiteira é melífera e sua madeira é utilizada na construção civil. Por ter porte médio e ser muito bonita quando se encontra na época da floração, a cagaiteira é utilizada como ornamentação. Suas folhas são usadas com fins medicinais, pois, ao contrário dos frutos, têm ação antidiarreica. Em Brasília, no Distrito Federal, é comum vermos cagaiteiras enfeitando a cidade, compondo um paisagismo público que agrega beleza e benefícios à população.

Extrativismo Sustentável no Cerrado

O vídeo abaixo realizado pelo Instituto Sociedade, População e Natureza, mostra a produção comunitária de cagaita na região do Grande Sertão Veredas – MG. Aperte o play e confira!

Valores nutricionais da Cagaita

ValoresVD (%)
Valor calórico30,0 kcal2
Carboidratos5,7g2
Proteína0,98g1
Gordura total0,4g<1
Fibra0,23g<1
Sódio0,57mg<1
Cálcio3,29mg<1
Fósforo6,2mg1
Vitamina A44,3μg7
Vitamina C40,4mg90

*VD = Valores Diários de referencia com base em uma dieta de 2500 Kcal.

Composição da Cagaita

Água90%
Minerais0,25% a 0,33%
Proteínas1,85% a 2,03%
Lipídios0,20% a 0,36%
Carboidratos7,62% a 8,73%

Fruta Cagaita é rica em vitaminas A, B2, B3, C e agentes antioxidantes

Fruta proveniente da cagaiteira – árvore de casca grossa que ocupa áreas do Cerrado no Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste -, a cagaita se destaca por ser bem rica em termos nutricionais. Fonte de vitamina A, ela faz bem para a saúde dos olhos (prevenindo problemas de visão) e ajuda a fortalecer a imunidade. Além disso, ela é rica em vitaminas B2 (riboflavina), B3 (niacina) e C, que são indispensáveis para a saúde do cérebro, do coração e fazem bem para a saúde da pele – pois apresentam ação antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce.

Tem alto teor de fibras alimentares

Assim como muitas frutas, a cagaita fornece uma grande quantidade de fibras – que garantem mais saciedade, auxiliam no processo digestivo e no controle de índice glicêmico, sendo indispensáveis para quem tem diabetes, por exemplo. Vale destacar, inclusive, que o suco de cagaita é considerado um grande aliado para tratar constipação intestinal – isto é, ajuda a liberar o intestino preso.

É fonte de cálcio, ferro e fósforo

Além de ter um alto teor de vitaminas, flavonoides e diferentes antioxidantes, a fruta cagaita é rica em diversos sais minerais, tais como cálcio, fósforo e ferro – importantes, respectivamente, para a saúde dos ossos, músculos e sistema cardíaco. Por ser fonte de ferro, inclusive, ela ajuda a prevenir a anemia e a fortalecer o sistema de defesa do corpo.

Fornece ácidos graxos indispensáveis para a saúde do coração

Você sabia que a cagaita também é fonte de ácidos graxos (gorduras boas)? Por conta disso, ela auxilia no controle do colesterol, faz bem para a saúde do coração, do cérebro e apresenta ação anti-inflamatória e antidiarreica. Além de consumi-la in natura ou em forma de suco, é possível utilizá-la no preparo de geleias, compotas, saladas de frutas ou diferentes doces no dia a dia. Vale a pena experimentar!

Cagaita - fruta do cerrado cheia de benefícios que talvez você não conheça

Benefícios da cagaita

Pele saudável e imunidade fortalecida

Sua abundância em vitamina C garante que a ação protetora da imunidade se mantenha fortalecida, melhor protegendo o corpo de doenças e inflamações. Não só, a ação anti-inflamatória da vitamina ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele, pois ela combate os radicais livres – moléculas instáveis que provocam o estresse oxidativo.

Combate a prisão de ventre

Ainda, a polpa da cagaita é naturalmente laxante. Dessa forma, previne ou combate a prisão de ventre, ou seja, a constipação. Não só, suas propriedades são anti-diarreicas, portanto, podem ajudar em demais questões ligadas à digestão e ao funcionamento intestinal. No entanto, suas folhas podem ter o efeito contrário: causar constipação.

Ajuda no emagrecimento

Além de ser laxante, consequentemente aliviando a sensação de inchaço abdominal, a cagaita é pouco calórica. Portanto, pode ser incluída nas mais diversas dietas, inclusive aquelas que buscam a redução da ingestão de carboidratos, como a low carb.

Previne a anemia

Apesar de pouco calórico, é muito nutritiva. Entre suas propriedades nutricionais, é rica em ferro, um dos minerais mais importantes para o corpo e especialmente importante para o sangue, visto que sua deficiência pode levar à anemia – condição caracterizada pela falta de hemoglobina (glóbulos vermelhos). Portanto, consumir alimentos ricos em ferro, tal como a cagaita, é extremamente importante.

Ainda, outro mineral presente na fruta é o cálcio, essencial para a saúde óssea, garantindo a força dos ossos e prevenindo problemas como a osteoporose.

Cagaita - fruta do cerrado cheia de benefícios que talvez você não conheça

Como fazer suco de cagaita?

Para fazer um suco de cagaita bem refrescante e rico em nutrientes, a nossa dica é usar tanto a casca quanto a polpa da fruta. Além disso, evite usar açúcar refinado na receita, dando preferência às versões mais naturais e nutritivas – como o açúcar demerara, mascavo ou de coco.

Ingredientes

  • 25 cagaitas maduras
  • 1 litro de água
  • Açúcar demerara a gosto

Para começar, deixe as cagaitas de molho em uma bacia com água + água sanitária por 15 minutos para higienizar. Em seguida, enxágue-as na água e corte-as ao meio para tirar as sementes (mas deixe a casca). Transfira as frutinhas para o liquidificador, adicione a água, o açúcar a gosto e bata por alguns minutos. Depois, é só servir no copo e aproveitar!

Por Vicente Delgado, com informações de Mundo Educação, Cerratinga e Vitat.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *