CLIMATEMPO 09 de dezembro 2021, veja a previsão do tempo no Brasil

Assista o Boletim CLIMATEMPO 09 de dezembro 2021 e veja a previsão do tempo em todas as regiões do Brasil.

Nesta quinta-feira a circulação dos ventos vai se intensificar e formar nuvens bastante carregadas, especificamente sobre áreas do Espírito Santo e Minas Gerais.

O alerta fica para muita chuva que pode até vir em forma de granizo, especialmente entre o norte Capixaba e Mineiro, também sobre áreas do interior da Bahia, do Tocantins e também sobre o estado do Maranhão. Na região da grande Vitória e no Grande Rio que também pode chover a qualquer hora de fraca a moderada intensidade.

Na região da capital paulista o sol aparece entre muitas nuvens, mas já não há previsão de chuvas. Na faixa litorânea do estado, assim como na costa do Paraná, ainda pode chover fraco, mas sem chuva forte.

A tendência volta a ser hoje a ser de sol e tempo firme para toda região Sul, no interior de São Paulo, Triângulo Mineiro, sul de Minas, também no estado de Mato Grosso do Sul e em parte do interior do Nordeste.

Entre Salvador e a região de Fortaleza a infiltração marítima provoca chuva passageira. Ainda há risco de temperais a qualquer hora em áreas da região Norte, como oeste do estado do Pará, na capital Manaus, no estado do Acre e a região de Porto Velho, principalmente por causa do calor e da umidade.

Nas demais áreas do país inclusive nas capitais Goiânia, Brasília e Belo Horizonte, a chuva será muito rápida e isolada apenas entre a tarde e a noite. Na região de Salvador mínima de 23º e máxima de 31º, no Rio de Janeiro o dia começa com 19º e máxima de 28º.

Assista abaixo o Boletim CLIMATEMPO 09 de dezembro 2021

Perigo: chuva volumosa e frequente em MG e na BA

Áreas de instabilidades associadas a circulação de ventos em vários níveis da atmosfera e também a infiltração marítima, ajudaram a formar muitas instabilidades sobre o norte e leste de Minas Gerais e também no interior da Bahia.

Nestas áreas a chuva caiu de forma muito expressiva e volumosa, causando diversos transtornos como alagamentos e deslizamentos de terra.

Volumes de chuva segundo CLIMATEMPO

Confira os maiores volumes de chuva observado nos dois estados até o momento:

Bahia

Itamaraju: 230,6 mm
Porto Seguro: 42,7 mm
Guaratinga: 25,2 mm
Itabuna: 21,7 mm
Camacan: 6,6 mm
Nova Viçosa: 6,5 mm
Salvador: 4,7 mm

Volumes de chuva elevados na Bahia de acordo com CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais.

Minas Gerais

  • Araçuaí: 60,6 mm
  • Itaobim: 34,2 mm
  • Divinópolis: 23,8 mm
  • Dores do Indaiá: 15,8 mm
  • Montes Claros: 15,6 mm
  • Ouro Branco: 14,2 mm
  • Janaúba: 10,8 mm
  • Viçosa: 9,6 mm
  • Belo Horizonte: 7,0 mm

Volumes de chuva elevados em Minas Gerais segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

Chuva persiste nos dois estados nesta quinta-feira

A circulação de ventos em vários níveis da atmosfera provocam uma grande concentração de umidade sobre o norte de Minas, sul e oeste da Bahia.

A quinta-feira (09) ainda será marcada por tempo bastante carregado nestas regiões e tem risco para temporais. O sul baiano e nordeste de mineiro ficam em perigo para chuva volumosa e frequente no decorrer do dia.

Na sexta-feira (10) o risco de chuva mais intensa se mantém para o sul da Bahia e extremo nordeste de Minas Gerais. As instabilidades começam perder força ao longo do final de semana as condições para chuvas intensas diminuem.

Chuva diminui na Grande SP, mas continua no litoral paulista

Temperatura continua baixa na capital paulista, mas interior já está quente. Atenção para o risco de queda de barreira na Serra do Mar.

O tempo chuvoso derrubou a temperatura na cidade de São Paulo mais uma vez. A temperatura nesta terça-feira não passou dos 19°C. Faltando apenas 14 dias para o solstício de verão (início do verão), que acontece no dia 21 de dezembro, a capital paulista terá que conviver com mais alguns dias de frio atípico.

A chuva diminui na cidade a partir desta quarta-feira, mas a temperatura vai continuar amena e muito abaixo dos padrões normais para dezembro.

AGRONEWS® Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.