CLIMATEMPO 14 de janeiro 2022, veja a previsão do tempo no Brasil

Confira a análise do Boletim CLIMATEMPO 14 de janeiro 2022 e veja a previsão do tempo em todas as regiões produtoras do Brasil nesta sexta-feira.

As áreas de instabilidade seguem ativa sobre grande parte do país nesta sexta. As chuvas fortes vão se concentrar sobre a região Norte e Nordeste do Brasil. Céu encoberto e com bastante nebulosidade em vários momentos do dia.

Onda de calor se espalha sobre o centro da América do Sul

A onda de calor que atua sobre o centro da América do Sul atinge o Rio Grande do Sul e deixa as temperaturas muito elevadas, com marcas acima dos 40°C em vários locais do estado, e também no Uruguai, na Argentina e no Paraguai.

Calor aumenta no centro-sul do Brasil

Além do Rio Grande do Sul, esta onda de calor alcança outras áreas do centro-sul do Brasil nos próximos dias. O calor aumenta nos estados da Região Sul até o sábado, mas continua sendo mais intenso no Rio Grande do Sul, onde os termômetros vão marcar alguns graus acima do dígito 40°C. As áreas a oeste de Santa Catarina e do Paraná devem sentir um aquecimento mais acentuado.

O estado de Mato Grosso do Sul e também áreas no sul e oeste de Mato Grosso e no oeste de São Paulo devem experimentar um aumento mais forte da temperatura por causa desta onda de calor.

Esta onda de calor será parcialmente quebrada por uma frente fria que avança sobre o Sul do Brasil a partir do domingo, 16 de janeiro. Mas a chuva desta frente fria não será para todos e o calor vai continuar intenso em áreas do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Assista abaixo o Boletim CLIMATEMPO 14 de janeiro 2022

https://www.youtube.com/watch?v=sI684x6M4BA

Belo Horizonte está tendo 19º janeiro mais chuvoso desde 1911

Belo Horizonte está tendo o janeiro mais chuvoso desde 2020, mas também o décimo nono janeiro com maior volume de precipitação desde 1911, pelas medições na estação meteorológica de Santo Agostinho, região central da capital mineira.

O total de chuva acumulado do dia 1 até 9 horas de 12 de janeiro de 2022 foi de 479,3 mm, pela medição do Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia – na estação de Santo Agostinho. O volume de chuva acumulado nestes 12 dias está 46% acima da média histórica para janeiro, que é de 329,1 mm, pelos cálculos do Inmet para o período de 1981 a 2010.

Entre os 20 janeiros mais chuvosos

Com esta totalização parcial, porque o mês ainda não acabou, janeiro de 2022 já é o décimo nono janeiro mais chuvoso na capital mineira desde 1911. Não há dados para janeiro de 1910, pois a estação de Santo Agostinho começou a operar em 2 de março de 1910.

Na escala anual, a média de chuva para janeiro é a segunda mais alta em Belo Horizonte, atrás apenas de dezembro, que tem 358,9 mm de média de precipitação.

Confira o ranking dos 20 janeiros mais chuvosos em BH, segundo o Inmet.

CLIMATEMPO 14 de janeiro 2022, veja a previsão do tempo no Brasil

Sol e calor

Com a volta do sol, a temperatura subiu rapidamente em Belo Horizonte e ontem já alcançou os 31°C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. A tendência é de mais sol e calor nos próximos dias, com temperatura de até 32°C.

A temperatura deve passar um pouco dos 30°C na tarde desta quinta-feira em Belo Horizonte e o sol aparece por várias horas, mesmo com a presença de nuvens e a previsão de pancadas de chuva para tarde e parte da noite.

Já para esta sexta-feira, 14, e para o fim de semana, a previsão é de muito tempo e tempo firme, sem chuva na região da Grande Belo Horizonte, e para a maioria das áreas de Minas Gerais.

Na sexta-feira estão previstas poucas pancadas de chuva à tarde ou à noite para o Sul de Minas, para a Zona da Mata Mineira e para o Triângulo Mineiro. No fim de semana, apenas o Sul e a Zona da Mata ainda devem ter algumas pancadas de chuva.

Fim de semana de calor nas praias de SP e RJ

O fim de semana dos dias 8 e 9 de janeiro foi marcado por condições bem atípicas para este período nas praias de São Paulo e do Rio De Janeiro. Além das temperaturas baixas, o predomínio foi de céu nublado e com chuva.

No entanto, a tendência é que este fim de semana já seja bem diferente no litoral dos dois estados. A chuva diminui, o sol aparece com mais força e as temperaturas voltam a ser “normais” para o padrão do verão. Algumas regiões podem até registrar temperaturas acima da média para janeiro.

Litoral de São Paulo

O sol vai brilhar forte nas praias de São Paulo, tanto no sábado, quanto no domingo. As temperaturas voltam a passar dos 30°C e a média fica em torno de 32/33°C. Até há possibilidade de um pouco de chuva, mas será de forma isolada e rápida. Não há previsão para temporais. No sábado (15), a chuva é no fim do dia e, no domingo (16), no período da tarde.

Litoral do Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro as temperaturas também mudam bastante em relação ao último fim de semana. O calor será intenso, com máxima na capital que fica entre 38 e 39°C. Será um fim de semana de muito sol nas praias dos Rio de Janeiro e com pouca chuva. Nas praias do litoral norte, nem deve chover durante o sábado.

Cuidado!

Mesmo com as condições do tempo favoráveis, tome bastante cuidado ao ir à praia. Evite aglomerações e cuide da sua saúde seguindo as devidas recomendações!

Minas Gerais registra volumes de chuva expressivos em 2022

Minas Gerais passou por semanas de tempo muito instável e chuvas volumosas em grande parte do estado. A formação de diversas ZCAS – Zonas de Convergência do Atlântico Sul – próximas ao Sudeste do país, tiveram grande influência nessa condição de tempo.

De acordo com o Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia e o CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, até está quinta-feira, dia 13 de janeiro, as cidades que registraram os maiores volumes de chuva do país, estão situadas em Minas Gerais. Confira no gráfico quais foram as cidades e quais os volumes de chuva registrados, do início do ano até agora.

Nos três municípios, Florestal, Brumadinho e Betim, a chuva praticamente triplicou com relação à média Climatológica das cidades. Toda essa chuva ocasionou muitos transtornos no estado mineiro, como alagamentos, transbordamentos de rios e córregos, deslizamentos de morros e encostas e deixou pessoas desabrigadas em algumas áreas.

CLIMATEMPO 14 de janeiro 2022, veja a previsão do tempo no Brasil

Tendência

A tendência é que a chuva perca força ao longo dos próximos dias e o tempo fique firme em grande parte de Minas Gerias até meados da próxima semana.

A chuva só vai persistir nas áreas mais ao sul do estado, Zona da Mata e parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, mas as pancadas vão ocorrer sem grandes acumulados e de forma mais pontual, intercalando com períodos de melhoria.

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.