CLIMATEMPO 21 a 27 de setembro 2021, veja a previsão do tempo no Brasil

Assista o Boletim CLIMATEMPO 21 a 27 de setembro 2021 e veja a previsão do tempo em todas as regiões Brasil nesta semana. Vazio sanitário termina em GO com possibilidade de chuva.

Boa parte da semana deve seguir ainda com tempo seco no Brasil Central, mas no sul do país a semana começa com céu carregado novamente, pois trata-se da formação de um ciclone extratropical. O sistema provoca temporais, muita ventania, descargas elétricas e tem ainda o risco para queda de granizo.

Associada a este ciclone, tem uma frente fria aqui nos próximos dias deve avançar em direção a costa do Sudeste, onde a chuva virá ainda com baixos acumulados, mas também acompanhada por fortes rajadas de vento. E na região Sul, o vazio sanitário terminou na semana passada, só que por causa da frequência de chuva, sendo muito volumosa, o solo está encharcado entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina e isso tem prejudicado a instalação da soja. No decorrer dos próximos dias essa umidade vai diminuir um pouco, o que pode favorecer a retomada dos trabalhos em campo.

Assista o Boletim CLIMATEMPO 21 a 27 de setembro 2021

Agora o Paraná, principalmente o norte do estado, vai seguir com o solo mais seco, tendo a possibilidade de chover nesses próximos dias mas o que ainda não garante o aumento da água disponível no solo. A previsão é de grandes acumulados na Região Norte do Brasil, podendo ultrapassar 70mm, principalmente entre o Amazonas e o estado de Roraima.

Por outro lado, no Tocantins, boa parte do estado vai seguir com tempo seco, assim como no interior do Nordeste e ainda no Norte de Minas Gerais. Em meados da próxima semana, um corredor de umidade deve favorecer algumas pancadas de chuva no Centro-Oeste. Lembrando que o vazio sanitário terminou agora no dia 15 no estado de Mato Grosso e no dia 25 deve terminar em Goiás. Alguns modelos de previsão estão mostrando um pouco mais expressiva em áreas produtoras de Mato Grosso e também do estado de Goiás, variando de 30 até 50mm em muitos municípios da região central de Goiás. A partir do dia 27 de setembro pode ser muito mais favorável ao início do plantio Goiás.

São Paulo esquenta e calor bate recorde nesta segunda-feira

O calorão ganhou força sobre o estado de São Paulo nesta segunda-feira (20), e a capital paulista bateu um novo recorde de calor para o ano de 2021. De acordo com dados da estação meteorológica automática do INMET, no Mirante de Santana, a temperatura máxima chegou 35,6ºC na cidade. Na estação convencional, a máxima foi de 35,7ºC. O recorde anterior era de 34,1ºC, registrado no dia 30 de janeiro.

A temperatura máxima desta segunda-feira foi a mais alta na capital paulista desde o dia 30 de setembro de 2020, quando os termômetros chegaram a 37,1ºC (segunda maior temperatura registrada na estação do Mirante de Santana em 77 anos, desde o início das medições).

Além do calor, a umidade relativa do ar também ficou muito baixa, com apenas 19% no Mirante de Santana, o que já caracteriza situação de alerta. A qualidade do ar também ficou comprometida na cidade, com índices que variavam de moderado a ruim nas estações da CETESB.

Inverno termina com chuva e ventania em São Paulo

Nesta terça-feira (21), uma frente fria associada a um ciclone extratropical avança pela costa de São Paulo. A madrugada e manhã ainda serão muito abafadas na capital, e as temperaturas ainda sobem bastante no início da tarde, com máxima prevista de 33ºC. A partir do meio da tarde, a nebulosidade aumenta e ocorrem fortes rajadas de vento, que podem chegar a 65km/h. No período da noite, volta a chover na capital paulista, com moderada a forte intensidade.

Até o fim da semana, a nebulosidade irá persistir na cidade de São Paulo, e as temperaturas caem de forma significativa, especialmente entre quarta e quinta-feira.

A primavera começa oficialmente nesta quarta-feira, dia 22 de setembro, às 16h21 (horário de Brasília).

CLIMATEMPO 23 de setembro 2021

Instabilidade ganha força no Sul do Brasil.

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.