CLIMATEMPO 22 a 25 de fevereiro 2022, veja a previsão do tempo

Confira o Boletim CLIMATEMPO 22 a 25 de fevereiro 2022 e veja a previsão do tempo em todas as regiões do Brasil nesta semana.

O padrão de chuva muda no Brasil ao longo desta semana. A formação de um bloqueio atmosférico vai aumentar as condições de chuva entre a Argentina, Uruguai e parte da região sul do Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul.

Assista o Boletim CLIMATEMPO 22 a 25 de fevereiro 2022

Confira o Boletim completo logo abaixo. Aperte o Play!

https://www.youtube.com/watch?v=XG5Vdd8YyJ8

Em contra partida entre o Sudeste e o Centro-Oeste a tendência é de chuva menos intensa e mais isolada, o que vai favorecer a retomada dos trabalhos em campo. Justamente nestas regiões, por causa da presença de um corredor de umidade, choveu muito nesses últimos dias e o solo está encharcado na faixa que vai do Rio de Janeiro até a região norte do Brasil.

Já no sul do país, especialmente a oeste do Rio Grande do Sul do Paraná e também em Mato Grosso do Sul, por causa da falta de chuva umidade do solo está bastante baixa, mas isso vai mudar aos poucos sobretudo na região sul do Brasil.

Em Mato Grosso do Sul a chance para uma chuva mais expressiva ainda é muito pequena, assim como no norte e oeste do Paraná, o que é bem preocupante. Agora no Rio Grande do Sul, principalmente na metade norte do estado, tem previsão para bons acumulados de chuva, assim como no centro e Leste de Santa Catarina.

O acumulado pode chegar aos 100 mm em alguns municípios. É uma umidade muito bem vinda para as áreas produtoras de soja que estão em sua fase reprodutiva. Então essa chuva agora nesses próximos dias é muito bem-vinda para estas áreas produtoras principalmente da metade norte do Rio Grande do Sul.

Entre o Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, tem previsão para acumulados de até 70 mm. Essa chuva virá intercalada por períodos maiores de tempo firme, o que facilita a retomada da colheita nestas regiões, bem como a instalação do milho de segunda safra, tanto no Sudeste como no Centro-Oeste do Brasil.

Um bom sinal para isso é a umidade do solo que deve diminuir.

A tendência é de diminuição da umidade do solo no centro e norte do país, sendo que o sol estará presente por mais tempo, então a umidade diminui. Já no Sul do Brasil vai aumentar a umidade do solo principalmente na metade Norte do Rio Grande do Sul.

Chuva aumenta no Sul do Brasil nos próximos dias

Uma área de baixa pressão atmosférica na altura do Paraguai, canaliza umidade e se estende até o Rio Grande do Sul. O sistema favorece a formação de nuvens carregadas e o início desta semana será marcado por chuva, não só no estado gaúcho, como em grande parte da Região Sul.

Nesta segunda-feira, dia 21, choveu em todo o Rio Grande do Sul, e a nebulosidade aumenta já nas primeiras horas do dia. Os volumes mais expressivos de chuva vão se concentrar no norte do estado e áreas próximas à Santa Catarina. Chove também em Santa Catarina e no Paraná, em forma de pancadas isoladas concentradas à tarde.

Frente fria e risco de granizo

Na terça-feira, 22, a entrada de umidade vinda do oceano mais uma frente fria em alto mar, mantém as condições para pancadas de chuva concentradas ao final da tarde, com risco de trovoadas e ventos moderados. Na Serra Gaúcha e leste de Santa Catarina, temporais com altos volumes.

Além da chuva, também há grande risco para queda de granizo em áreas dos três estados no decorrer dos próximos dias.

Na quarta, dia 23, chove do norte do Rio Grande do Sul ao Paraná e os volumes serão muito elevados no leste de Santa Catarina e no leste paranaense, o que inclui a região de Curitiba.

Tendência

A chuva vai persistir até o final desta semana em grande parte do Sul do país, o que é um alívio para o tempo seco e quente que têm feito nos três estados nos últimos dias. Os volumes serão pontualmente elevados em algumas áreas e a chuva vai ocorrer de maneira persistente. O risco para queda de granizo também continua.

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.