DestaqueMundo AnimalNotícias

Leite de formiga? ciência descobre algo impressionante

Leite de formiga? Todo nós sabemos que o leite é um líquido produzido pelas glândulas mamárias de mamíferos para alimentar seus filhotes. As formigas não têm glândulas mamárias e, portanto, não são capazes de produzir leite, será? Bem, pelo menos esse era o entendimento até agora.

Pesquisa revela que formigas podem produzir uma espécie de “leite” em fase de pupa. Apesar de se dedicarem muito à pesquisa sobre o comportamento das formigas, os cientistas raramente se concentram na fase de pupa destes insetos até então. Esta é a etapa em que elas se transformam de larvas em formigas adultas.

Leite de formiga? ciência descobre algo impressionante

Leite de formiga

As formigas são insetos sociais e cuidam de suas larvas de forma semelhante a como os mamíferos cuidam de seus filhotes, alimentando-os com uma substância que agora esta sendo chamada de “leite de formiga“. Este é um líquido produzido pelas glândulas mandibulares das operárias e é utilizado para alimentar as larvas de formigas e outros adultos no ninho. No entanto, este “leite de formiga” não é produzido pelas glândulas mamárias e é muito diferente do leite produzido pelos mamíferos.

As formigas são insetos e não têm glândulas mamárias para produzir leite como os mamíferos. As formigas passam por um processo de metamorfose durante o qual seu corpo muda de forma e função. A pupa é uma fase do desenvolvimento das formigas em que ocorrem transformações físicas significativas e ocorre a formação de seus órgãos e sistemas. No entanto, durante a pupa ou qualquer outra fase de seu ciclo de vida, as formigas não são capazes de produzir leite como os mamíferos.

As sociedades de insetos são sistemas biológicos complexos e integrados, em que propriedades de nível de grupo surgem das interações entre indivíduos. No entanto, essas interações ainda não foram estudadas sistematicamente e, portanto, continuam parcialmente desconhecidas.

Leite de formiga? ciência descobre algo impressionante

Sobre a pesquisa e resultados

Segundo pesquisadores, usando uma abordagem de engenharia reversa, foram revelados que, ao contrário dos insetos solitários, as pupas de formigas exsudam uma secreção derivada do fluido de mudas, rica em nutrientes, hormônios e substâncias neuroativas. Essa secreção provoca comportamentos de cuidado parental e é rapidamente removida e consumida pelos adultos.

Este comportamento é crucial para a sobrevivência da pupa; se a secreção não for removida, as pupas desenvolvem infecções fúngicas e morrem. Análogo ao leite de mamíferos, a secreção também é uma fonte importante de nutrição larval precoce e as larvas jovens apresentam crescimento prejudicado e redução da sobrevivência sem acesso ao fluido.

Leite de formiga? ciência descobre algo impressionante

Orli Snir, biólogo da Universidade Rockefeller e autor dessa pesquisa, a função social desta descoberta mostra algo jamais estudado antes.

Mostramos que essa função social derivada do fluido de mudas(leite de formigas) é generalizada entre as formigas. Essa secreção forma, portanto, a base de uma rede de interação central e até agora ignorada nas sociedades de formigas e constitui um exemplo raro de como um processo de desenvolvimento conservado pode ser cooptado para fornecer a base mecanística de interações sociais. Esses resultados implicam os fluidos de mudas em um papel importante na evolução da eussocialidade das formigas.“, afirma o pesquisador.

Em seu perfil no Twitter ele comemora os resultados da pesquisa.

Surpresa no meio científico

O estudo surpreendeu e intrigou a comunidade científica de mirmecólogos. “Este é um estudo muito bem elaborado e concebido“, afirma Laurent Keller, mirmecólogo da Universidade de Lausanne, na Suíça, que concorda que o fenômeno pode ser bastante comum.

Bert Hölldobler, da Universidade Estadual do Arizona (EUA), que tem estudado formigas desde a década de 1960, afirma que já considerou a possibilidade de haver algo nas pupas que atraísse os adultos. “Nunca mais abordei essa questão“, disse ele, “embora não tenha me esquecido dela. Estou bastante impressionado com os estudos desses pesquisadores“.

Leite de formiga? ciência descobre algo impressionante

Elas não se movimentam, não se alimentam, não fazem nada óbvio em meio a toda a agitação em curso no formigueiro”, afirma Daniel Kronauer, da Universidade Rockefeller em Nova York, Estados Unidos.

Análise química do líquido revelou que ele contém todos os aminoácidos essenciais, carboidratos e algumas vitaminas, além de outros subprodutos da metamorfose. De acordo com Kronauer, as pupas de outras espécies de insetos geralmente reabsorvem e reciclam esses líquidos nutritivos.

Vários aspectos devem ser estudados a partir de agora para descobrir os detalhes do “leite de formiga“, vamos aguardar.

A pesquisa “The pupal moulting fluid has evolved social functions in ants” foi publicada na Revista científica Nature, no final de novembro deste ano.

Por Vicente Delgado – AGRONEWS®

2 Comentários

  1. Olá. A tradução está imprecisa. São duas substancias, uma produzida pelas formigas adultas para alimentar a larva. Outra produzida pela larva para fazer com que os adultos cuidem delas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo