Mercado do boi 11 de outubro de 2022

O mercado do boi informa que China, somada a Hong Kong, continua liderando o ranking de maior importador de carne bovina mato-grossense, enquanto a Rússia cai para a décima colocação, segundo dados do Imea

As compras de carne bovina do gigante asiático vieram a todo vapor e, no acumulado de janeiro a setembro, registraram um incremento de 27,57% ante o mesmo período do ano passado. Em volume, foram embarcadas 280,88 mil toneladas em equivalente carcaça de Mato Grosso ante a 220,17 mil TEC do mesmo período de 2021.

Como vimos na análise da semana anterior, “a boa oferta de bois para o abate no estado de Mato Grosso pressionou as cotações no mês de setembro”.

Países do Oriente Médio também aumentaram suas compras, como o Egito e os Emirados Árabes Unidos, com acréscimos de 122,48% e 108,69%, respectivamente, no período. Porém, a Rússia diminuiu suas compras em 11,20% no comparativo anual, cenário pautado pela barreira imposta nas compras de carnes
oriundas de animais mais velhos (sendo liberada apenas em setembro deste ano).

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • Declínio: depois de várias semanas consecutivas de queda intensa no indicador da arroba do boi gordo, na última semana a variação foi de -0,43% no comparativo semanal;
  • Leve queda: a oferta mais tímida de fêmeas ao abate fez com que a arroba da vaca gorda registrasse recuo de apenas 0,30% ante a semana passada, sendo cotada a R$ 242,73;
  • B3 desvalorizada: com a oferta de bovinos acima do esperado para o período, o contrato corrente da bolsa registrou queda de 1,76% no comparativo semanal.

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *