Rinha política – Prefeito e ex-vereador decidem diferenças no MMA

Uma Rinha política? Parece loucura mas não é, Prefeito e ex-vereador decidem diferenças no MMA. Evento bizarro movimentou a cidade de Borba no Amazonas neste último domingo (12). (Vídeo da luta no final desta matéria)

É comum ouvir que a política está polarizada em muitos lugares, mas um prefeito do município de Borba, no Amazonas, levou a outro nível essa expressão ao acertar as contas com um ex-vereador adversário num octógono de MMA. Simão Peixoto tinha uma antiga divergência com o ex-vereador Erineu “Mirico” da Silva e decidiu resolvê-la por meio de combate.

Rinha política

Este evento inusitado de MMA esta sendo apelidado de “rinha política”. O fato é excêntrico devido a não se tratar de algum astro do UFC ou de qualquer outra franquia da modalidade, mas de uma luta entre o prefeito da cidade, Simão Peixoto, e o ex-vereador Erineu Alves da Silva, na cidade de Borba, a 149 quilômetros de Manaus.

O ex-vereador gravou um vídeo provocando o prefeito com ofensas e compartilhou em um grupo de mensagens. Ao tomar conhecimento da gravação, Peixoto aceitou o desafio.

“Eu aceitei a luta porque eu não queria que acontecesse uma briga de rua, como ele queria. Até então assumo um posto. Sou gestor do município de Borba e jamais sou a favor da violência. Eu sou contra a violência. Eu sou a favor do esporte, eu amo o esporte” afirmou Simão Peixoto.

A luta de três assaltos aconteceu nas primeiras horas de domingo no estádio poliesportivo de Borba, onde uma multidão enlouquecida incentivava os dois adversários.

Rinha política - Prefeito e ex-vereador decidem diferenças no MMA

Os dois adversários políticos não perderam tempo e foram pra luta, mas sem experiência, se cansaram rapidamente. O ex-vereador conseguiu derrubar o prefeito duas vezes – uma delas com um jab de direita logo no começo da disputa e outra com uma rasteira no terceiro assalto, mas os juízes declararam Peixoto como o vencedor.

Após três rounds, a vitória do duelo foi do prefeito Simão Peixoto, por decisão dividida. No final da luta, os dois se abraçam e parecem ter resolvido a desavença.

Aglomeração na luta amadora preocupa autoridades

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) informou, em nota, que monitora os eventos com público realizados no estado e que vai pedir da prefeitura de Borba explicações sobre as imagens divulgadas do evento. A luta foi transmitida em uma rede social do prefeito da cidade.

Ainda segundo o órgão, eventos municipais são de responsabilidade das prefeituras e eventos com público estão autorizados, por meio de Decreto Estadual, com orientações para que sejam cumpridos os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19.

Se essa moda pega…

Já parou para imaginar se essa moda pega? nas próximas eleições não teremos debates, mas sim lutas de verdade dentro de um octógono – Rinha política. Qual a sua opinião sobre esta modalidade política? e quem será o vencedor na disputa presidencial? Comente aí!

MP vai investigar luta entre prefeito e ex-vereador no Amazonas

O MP-AM (Ministério Público do Amazonas) instaurou inquérito civil para apurar eventual ato de improbidade administrativa e de infração político-administrativa envolvendo o prefeito de Borba (a 150 quilômetros de Manaus), Simão Peixoto (Progressista), na realização do 12º Evento de luta M.M.A 2021, ocorrido no último sábado (11), na Quadra Poliesportiva Edvar Souza.

“Todos os meios legais para a investigação serão utilizados. Inclusive, vai ser verificado se foi destinado dinheiro público para esse evento, se foi utilizado espaço público para isso, se houve cobrança de ingressos, pagamento de bolsas”, disse o promotor de Justiça Marcelo de Salles Martins.

De acordo com o MP, um ginásio lotado, o prefeito lutou e venceu um desafeto político, o ex-vereador Erineu Alves da Silva. Ainda conforme o órgão, em setembro deste ano, Erineu fez críticas à Administração municipal pelo estado de conservação de um balneário da cidade em um vídeo que viralizou na cidade. A crítica chegou até o ringue de MMA.

Leia o restante da matéria clicando aqui.

AGRONEWS® Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.