GeralNotícias

Senado vota nesta terça-feira o projeto que autoriza indústrias de saúde animal a produzirem vacinas contra a Covid

O relator da comissão do Senado que monitora as ações de combate à pandemia (CTCOVID19) no país, o senador Wellington Fagundes (PL-MT), defende que fábricas de vacinas de saúde animal possam ajudar na produção de imunizantes contra a Covid-19. A proposta do mato-grossense, que é autor do Projeto de Lei 1343/2012, será votado nesta terça-feira (27), em Brasília. “O PL pode garantir ao Brasil até 400 milhões de doses de vacina, num prazo de 90 dias”, afirmou Fagundes.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Senador Wellington Fagundes PL-MT
Senador Wellington Fagundes PL-MT

Na prática, a proposta cria um parque industrial capaz de produzir o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) para envasamento de vacina em quantidade suficiente para toda a população brasileira. São três plantas com nível de biossegurança classificadas em NB3+, que dominam a produção de vacinas inativadas, a mesma da Coronavac, entregue no Brasil pelo consórcio Sinovac-Butantan. “Ou seja, depois do produto pronto, a Anvisa será responsável por fazer o controle de qualidade”, observou Fagundes.

O senador destacou ainda que não existem vacinas disponíveis para compra em todo mundo. A falta de imunizantes conduziu ao colapso do sistema de saúde, com falta de leitos de terapia intensiva e carência de oxigênio medicinal, de medicamentos e de insumos essenciais. ” Somente a vacinação em massa pode alterar esse cenário” – frisou Wellington.

Por Márcio Moreira – AGRONEWS

AGRONEWS – Informação para quem produz

Mostrar mais

Um Comentário

  1. A pessoas, de um modo geral, não assistiram a aula que descrevia o significado de pandemia. Já não é sem tempo a autorização para a produção de vacinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar