Vídeo: Instituto Ação Verde completa 15 anos

Assista a matéria especial em comemoração aos 15 anos do Instituto Ação Verde

O Instituto Ação Verde realizou na última sexta-feira(19) um evento em comemoração aos quinze anos de existência (15 de agosto), apresentando um histórico da instituição ao longo deste período e também as novas plataformas para o desenvolvimento sustentável de Mato Grosso.

Instituto Ação Verde – 15 anos

Abaixo você confere o vídeo de cobertura do evento em comemoração aos 15 anos do Instituto Ação Verde, aperte o play!

O presidente do Instituto, Adilson Ruiz, destacou que a iniciativa possui inúmeras ações em desenvolvimento e outras já implantadas e as parcerias fortalecem o setor produtivo mato-grossense. “Hoje completamos 15 anos de existência, é uma parceria muito importante do setor produtivo com os órgãos fiscalizadores do Tribunal de Justiça, Ministério Público, entre outros. Então esses elos todos da sociedade organizada, juntos, faz com que a credibilidade seja enorme, que os ativos ambientais através das plataformas que estamos desenvolvendo, virem negócio, gerem oportunidades ao agricultor, ao pecuarista e ao setor industrial também”, ressalta Adilson.

Parceiros

A instituição, que é mantida pela Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado De Mato Grosso (Aprosoja) e Sindicato das Indústrias de Bionergia do Estado de Mato Grosso (Sindalcool), tem investido, ao longo desse tempo, em tecnologia e inovação para manter e ajudar na preservação ambiental.

Instituto Ação Verde completa 15 anos
Gustavo Oliveira, presidente da FIEMT – MT pode ser a maior plataforma de produção verde do mundo

O presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), uma das mantenedoras do Instituto, Gustavo de Oliveira, destacou o papel da economia verde e do potencial do estado na geração de negócios internacionais. “Em breve eu quero convidar industrias de classe mundial para se instalar aqui em Mato Grosso, por um grande motivo, nós podemos ser a maior plataforma de produção verde do mundo. Esse dever de casa é nosso! Do Instituto Ação Verde, de nós parceiros que apoiamos até, de outros parceiros que são muito bem vindos também.“, disse o presidente da FIEMT.

Para Lhais Sparvoli, Diretora Executiva do Sindalcool, o produtor rural brasileiro, em especial mato-grossense, já tem essa consciência de conservação ambiental. Segundo Lhais é preciso melhorar a comunicação destas ações. “Nós já produzimos utilizando menos áreas, preservando a nossa floresta e utilizando os recursos de maneira cada vez mais sustentável. Então que nós precisamos fazer agora é cada vez mais melhorar nossa comunicação e mostrar para o mundo como a nossa produção é sustentável.“, avalia Lhais.

O secretário Executivo da SEMA-MT, Alex Marega, esteve presente no evento e aproveitou a oportunidade para lembrar que o Mato Grosso ainda tem a sua produção basicamente primária, e portanto existe um grande potencial de verticalização na produção. “Nós percebemos um avanço que houve nos últimos anos com relação à produção do etanol. Aumentou não só a produção do biocombustível, mas também agregou valor a produção animal, com o uso do resíduo – o DDG, que sai da produção de etanol de milho e tá sendo utilizado para aumentar a capacidade do confinamento bovino. Isso aumentou então a produção também de proteína e ao longo do tempo e vai ser ampliado ainda mais“, disse o secretário.

Marlene Lima, Gerente de Sustentabilidade da Aprosoja, comemora os vários projetos desenvolvidos em parceria com o Instituto ao longo deste 15 anos e diz que o olhar agora é para o futuro. “Hoje, aqui, nós estamos olhando para o futuro. A sustentabilidade está sempre no auge e nós estamos falando de preservação, de conciliar a produção agrícola com a conservação, com a sustentabilidade. E nós enxergamos aqui realidades, nós estamos fazendo uma produção agrícola, trazendo mudanças reais nas vidas das pessoas e com isso nos olhamos para o futuro. Todos nós vimos aqui apresentados ferramentas como a CPR Verde, como a possibilidade de fazer realidade o pagamento de serviços ambientais.“, exalta Marlene.

Plataforma de Negócios em Bens e Serviços Ambientais e Ecossistêmicos de Mato Grosso

Entre as novidades está a Plataforma de Negócios em Bens e Serviços Ambientais e Ecossistêmicos de Mato Grosso (PNBSAE), que trata do tema do Carbono, implantando um programa para atender demandas no estado, no Brasil e em qualquer outro país interessado. Trata-se de uma plataforma pela qual o produtor pode comercializar os créditos de carbono, ou seja, uma forma de facilitar o acesso a esse mercado.

Outra inovação que acaba de ser anunciada é o projeto Inova CPR (Cédula de Produto Rural – CPR Verde) que consiste basicamente em um título de crédito destinado a financiar atividades de reflorestamento e manutenção de vegetação nativa em propriedades rurais.

Além disso, o diretor Vicente Falcão, apresentou uma atualização do Mapa do CAR, um sistema de desenho de mapa para o Cadastro Ambiental Rural (CAR), que funciona em nuvem na internet, operado 100% por navegador web, com conjunto completo de ferramentas de desenho técnico. Falcão explica que o sistema oferece diversas bases geográficas e imagens de satélite como referência. Uma excelente ferramenta para auxiliar a minimizar os erros durante a confecção do CAR. “O desafio da sustentabilidade da produção passa pelo CAR. O CAR hoje é uma base que vai referenciar a descarbonização da economia, que vai permitir fazer a CPR Verde e vai permitir se fazer o crédito de carbono. Enfim, o CAR é uma ferramenta muito importante como sinal de sustentabilidade.“, orienta Vicente Falcão.

Instituto Ação Verde completa 15 anos

Para os gestores, a existência do Instituto apoia indústrias e empresas de outros segmentos que precisam avançar em um mundo onde o desenvolvimento sustentável e as boas práticas produtivas, cada vez mais, são observadas pelos mercados consumidores.

Outros projetos desenvolvidos

O Instituto Ação Verde também desenvolve iniciativas como o projeto Verde Novo para recuperação e preservação de matas ciliares e dos principais rios de Mato Grosso, trazendo benefícios não só aos ecossistemas locais, mas também à população.

O Educação Verde propõe ajudar os grupos sociais e os indivíduos a adquirir consciência, conhecimento e comportamento ambiental, assim como contribuir para a consolidação do processo de educação ambiental enquanto política pública por meio de ações coletivas organizadas em instituições de ensino.

O Instituto Ação Verde realiza várias ações de apoio ao setor produtivo na produção sustentável, recuperação de áreas degradadas e promoção da economia verde em todas as regiões de Mato Grosso.

Reconhecimento de sucesso

Para comemorar a data, personalidades que fazem parte dessa história deixam uma mensagem relembrando o passado e de olho no futuro.

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, fez questão de deixar sua mensagem e relembrou a época em que era o presidente da FIEMT e viu as primeira parcerias nascerem junto ao Instituto. “Nós falávamos da necessidade de termos na organização na Instituto alguma coisa que pudesse cuidar dos nossos interesses ambientais, fazer ações concretas e desenvolver ações verdadeiras e honestas em prol do meio ambiente. E ao longo desses primeiros 15 anos, o Instituto, provou que é possível através de ações concretas suportar uma economia verde cada vez mais interessante no contexto mundial de descarbonização e de evolução de técnicas produtivas, o que nós temos de vocação natural no estado de Mato Grosso.” relembra o governador. Veja o vídeo completo!

Por Vicente Delgado – AGRONEWS®

One thought on “Vídeo: Instituto Ação Verde completa 15 anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.