Notícias

Vídeo: Tromba d’água assusta moradores na Paraíba, AESA esta em alerta

Os moradores da cidade de Lucena, na Paraíba, foram surpreendidos, na manhã desta segunda-feira (27), com a formação de uma tromba d’água em alto mar. Veja vídeos logo abaixo.

Nas imagens, que circulam nas redes sociais, é possível perceber a formação de um vórtice colunar que se prolonga da base de uma nuvem funil até tocar a superfície da água do mar. De acordo com especialistas, o fenômeno natural pode ocorrer sobre um rio, mar, um lago ou no oceano.

A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) informou que está acompanhando o caso.

O que forma uma tromba d’água?

Uma tromba d’água é um fenômeno meteorológico que consiste na formação de uma coluna giratória composta por grande quantidade de vapor e água, em nuvens espessas que se movem, formando um cone cuja base é voltada para o alto. O funil é visível em virtude das nuvens de vapor de água condensadas.

De modo geral, as trombas d’água são relativamente perigosas para meios de transporte aéreos – como aviões e helicópteros. Havendo uma tromba, banhistas devem se distanciar do mar e até procurar abrigo em local seguro.

Em caso de sinistro, a Defesa Civil: 199 e o Corpo de Bombeiros: 193 devem ser acionados.

Veja abaixo as imagens da tromba d’água

Saiba a diferença entre cabeça d’água e tromba d’água

A tromba d’água é uma nuvem funil que se forma sobre um corpo d’água e que se prolonga da base da nuvem até tocar a superfície da água. A tromba d’água pode se formar sobre um rio, mar, um lago ou no oceano. O formato é muito parecido com o de um tornado (nuvem funil que toca o solo, mas se forma sobre a terra) e muitas pessoas confundem os dois fenômenos.

Tromba d’água não tornádica X Tromba d’água tornádica

A tromba d’água pode ser do tipo não tornádica como explica a meteorologista Bianca Lobo: “Este tipo de fenômeno se desenvolve na superfície da água em direção à nuvem, ou seja, debaixo para cima”. Já o tipo tornádico “tem a formação igual a de um tornado e recebe o nome tromba d’água, por se formar sobre água, como em lagoas, rios e mar”.

Trombas d’água podem provocar danos pontuais onde ocorrem, como por exemplo, em embarcações. Causam ventos moderados a fortes e levantam uma coluna de água do mar

Qual a diferença entre cabeça d’água e tromba d’água?

A cabeça d’água se forma devido a uma grande quantidade de água que surge repentinamente avançando por um rio ou descendo sobre uma cachoeira. O grande volume de água surge de forma muito rápida e faz o nível do rio subir muito e de forma súbita. Na cachoeira, o volume de água aumenta muito rapidamente tornando-se extremamente perigoso, pois a força da massa de água causa um grande arrastão, deslocando pedras, vegetação e o outros objetos.

A cabeça d’água pode ocorrer quando uma chuva muito forte cai sobre a cabeceira de um rio. É um fenômeno extremamente traiçoeiro, pois pode ocorrer mesmo sem ter chovido forte no local atingindo pela massa de água de uma cabeça d’água, pode ocorrer em um lugar mesmo sem estar chovendo na mesma hora neste lugar, ou mesmo sem ter chovido horas antes.

Dica de segurança

Se uma pessoa estiver em um rio ou cachoeira e a correnteza aumentar rapidamente, ou o volume da queda d’água começar a aumentar repentinamente, saia imediatamente da água, pois a massa de água da cabeça d’água chega muito rapidamente.

AGRONEWS® Informação para quem produz

Mostrar mais
Siga-nos no Google News: CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados