Tropical Storm Ian deixa Flórida em estado de emergência

Com a vinda do Tropical Storm Ian, Flórida entra em estado de emergência para um possível furacão na próxima semana.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA disse que a tempestade Ian deverá reforçar-se rapidamente nos próximos dias, prevendo-se que passe à categoria de furação durante o dia.

O governador da Florida, no sudeste dos Estados Unidos, declarou o estado de emergência para todo o território à medida que a tempestade tropical Ian ganha força sobre as Caraíbas e se aproxima da área.

DeSantis tinha já decretado o estado de emergência para algumas localidades, mas, no sábado, estendeu a medida a todo o estado, ao mesmo tempo que pediu aos residentes para se preparem para uma tempestade que poderá afetar fortemente grandes extensões da Florida.

Esta tempestade tem o potencial de se fortalecer num grande furacão e encorajamos todos a estarem preparados“, disse DeSantis, acrescentando estar “em coordenação com todos os parceiros dos governos estaduais e locais para acompanhar os impactos potenciais desta tempestade“.

Sob a ordem de emergência estadual, membros da Guarda Nacional da Flórida serão ativados e aguardando ordens.

O presidente Joe Biden aprovou no sábado uma declaração de desastre para a tempestade tropical, que deve chegar ao estado ainda esta semana como um furacão.

A ação do presidente autoriza o Departamento de Segurança Interna, Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (FEMA), a coordenar todos os esforços de socorro a desastres que têm o objetivo de aliviar as dificuldades e o sofrimento causados pela emergência na população local“, disse a Casa Branca em um comunicado à imprensa.

Esta medida liberta fundos de proteção de emergência e ativa as organizações de socorro e forças de segurança locais, indicou o gabinete do governador. A ordem sublinha que há risco de tempestades, inundações, ventos perigosos e outras condições atmosféricas em todo o estado.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA disse que a tempestade Ian deverá reforçar-se rapidamente nos próximos dias, prevendo-se que passe à categoria de furação durante o dia, antes de se deslocar sobre Cuba ocidental e em direção à costa ocidental da Florida, até meados da próxima semana.

No sábado à noite, a tempestade Ian registou ventos de 75 quilómetros por hora, quando se encontrava a cerca de 370 quilómetros, a sul de Kingston, na Jamaica.

Um perito do Centro, em Miami, afirmou não ser ainda muito claro em que zona a tempestade irá atingir mais duramente o estado.

É “muito cedo para dizer” onde o impacto vai ser maior, por isso a esta altura, “a mensagem para quem vive na Florida é acompanhar as previsões e preparar-se para o impacto deste sistema tropical“, disse John Cangialosi.

Entretanto, no Atlântico norte, o ciclone pós-tropical Fiona tocou terra, no sábado, em Nova Escócia, na costa leste do Canadá, e arrastou casas para o mar, arrancou telhados e deixou mais de 500 pessoas sem eletricidade. As autoridades canadianas não têm registo de mortos ou feridos.

Um sistema de tempestade que atravessa o Mar do Caribe deve se tornar um furacão nos próximos dias, ameaçando as Ilhas Cayman, Cuba e o sul da Flórida, afirmaram meteorologistas do Centro Nacional de Furacões. O centro disse que ainda é muito cedo para determinar a magnitude e a localização do impacto da tempestade em Cuba e na Flórida, mas pediu aos moradores que se preparem para um possível furacão com início na próxima semana.

Tropical Storm Ian pode ser o primeiro grande furacão da Flórida em quatro anos

Se ele se fortalecer para uma categoria 3 ou superior antes de chegar à Flórida, Ian seria o primeiro grande furacão a fazer landfall lá desde o furacão Michael em 2018, que foi uma tempestade monstruosa de categoria 5 quando colidiu com o panhandle da Flórida. Michael também passou por uma rápida intensificação antes de fazer landfall, um fenômeno que tem sido mais provável à medida que as temperaturas dos oceanos aquecem devido à crise climática.

Um aviso de furacão foi emitido para Grand Cayman, e um alerta de tempestade tropical está em vigor para Little Cayman e Cayman Brac nas Ilhas Cayman. Um alerta de tempestade tropical para a Jamaica foi interrompido.

A tempestade tropical, chamada de Ian, está prevista para ganhar força e velocidade à medida que se desloca sobre águas quentes. Ian provavelmente passará a sudoeste da Jamaica como uma tempestade tropical, no domingo (25), e deve atingir a força de um furacão ao passar perto ou sobre as Ilhas Cayman, na segunda-feira (26), de acordo com o Centro Nacional de Furacões. O governador da Flórida, Ron DeSantis, emitiu uma ordem de emergência para 24 municípios no caminho potencial da tempestade e solicitou que moradores se abasteçam com suprimentos necessários, como comida, água e remédios.

A recente tempestade ocorre depois que o furacão Fiona atingiu o Caribe e chegou ao leste do Canadá, no início deste sábado. Fiona foi responsável pela morte de pelo menos sete pessoas. A costa atlântica dos EUA é atingida por um a dois furacões por ano, em média, de acordo com dados da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (Noaa), que rastreia tempestades desde meados do século 20.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *