CLIMATEMPO 17 de janeiro 2022, veja a previsão do tempo em todo o Brasil

Assista o Boletim CLIMATEMPO 17 de janeiro 2022 e veja a previsão do tempo em todas as regiões do Brasil nesta segunda-feira.

O tempo instável vai continuar em boa parte do Brasil nesta segunda-feira, tem chance para pancadas de chuva desde o litoral sul da Bahia até Rondônia, mas nestas áreas do Nordeste os acumulados podem ser bastante expressivos. Isso porque você ficou ação de ventos fortes icônico do Nordeste, vórtice ciclônico de altos níveis, passa bem por esta região e deixa o dia chuvoso com elevados volumes acumulados.

Já no Sudeste, desde o Rio de Janeiro até o estado de Mato Grosso do Sul, o tempo firme continua e as temperaturas ficarão bastante elevadas, muito diferentes do cenário que tivemos no início da semana passada.

Previsão para chuva na região sul de Minas e interior de São Paulo. Em todos os estados da região Sul tem alerta para temporais.

As temperaturas chegam a 39º graus na capital Fluminense, 35º graus em Cuiabá e 37º graus é a máxima em Porto Alegre.

Assista abaixo o Boletim CLIMATEMPO 17 de janeiro 2022

https://www.youtube.com/watch?v=3BY0-hRhOqc

Tsunami atinge ilhas do Pacífico Sul após erupção de vulcão

Um tsunami atingiu neste sábado (15/01) a costa das ilhas de Tonga e da Samoa Americana após a erupção de um vulcão submarino. Não há registro de vítimas.

A capital tonganesa, Nuku’alofa, teve partes inundadas por ondas que chegaram a 1,2 metro de altura. Vídeos mostram casas e edifícios situados em frente à praia sendo invadidos pela água.

As autoridades locais haviam emitido um alerta de tsunami para todo o país após a erupção do vulcão submarino Hunga-Tonga-Hunga-Ha’apai, a cerca de 65 quilómetros da ilha de Tongatapu, a principal ilha de Tonga, povoada por 71.000 habitantes.

O vulcão entrou em erupção às 17h20 e lançou uma enorme nuvem de cinza no ar, segundo o portal da Radio New Zealand. A erupção durou oito minutos.

“Foi uma grande explosão”, relatou Mere Taufa, uma moradora que estava em casa preparando o jantar, ao site de notícias Stuff. “O chão tremeu, a casa inteira foi sacudida. Vinha em ondas. Meu irmão caçula achou que tinham bombas explodindo perto de casa”, descreveu.

Poucos minutos depois, acrescentou, a água invadiu sua casa, e o muro de uma casa vizinha desabou.

“Soubemos, em seguida, que era um tsunami, com a água brotando na casa. A gente ouvia gritos por todos os lados, e todo o mundo começou a fugir para as partes mais altas”, completou.

O rei de Tonga, Tupou VI, foi retirado do palácio real, em Nuku’alofa, e levado para um local longe da costa.

As ondas também atingiram parte da ilha Vanua Levu, no nordeste das Ilhas Fiji. Já na Samoa Americana foram registradas ondas de 60 centímetros em Pago Pago, capital do território americano, segundo o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico.

Alertas de tsunami também foram emitidos para a Ilha Norte da Nova Zelândia e a costa oeste dos Estados Unidos, bem como para a Colúmbia Britânica do Canadá.

O Serviço Meteorológico de Tonga colocou no seu perfil do Facebook uma imagem de satélite da nuvem causada pelo vulcão submarino, que já mostrava sinais de aumento de atividade no dia anterior e também havia desencadeado um aviso momentâneo de tsunami. Leia a matéria completa sobre a erupção em Tonga, clicando aqui.

As ondas chegaram aos Estados Unidos após um aviso de tsunami ter sido emitido para a Costa Oeste americana. Além da Califórnia, foram alertados os estados de Washington, Alasca e Oregon. O aviso emitido ao Havaí acabou como cancelado após não terem sido registrados nenhum tipo de dano na região, devido a erupção vulcânica.

Como está o tempo na sua região? Escreva nos comentários logo abaixo…

Fonte: Climatempo

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.