Inédito: Cachorro que roubou marmita teve apoio aéreo de um parceiro do crime

Algo que ninguém havia notado antes, um Urubu que aparece no final do vídeo captado pela câmera de segurança teria dado apoio aéreo ao cachorro durante o roubo. Novas informações apontam para formação de quadrilha e roubo qualificado. (Kkkkkk)

Em uma análise mais apurada nas cenas captadas pela câmera de segurança, foi identificado um Urubu clandestino que supostamente teria dado apoio aéreo ao cachorro meliante que roubou uma marmita de um entregador enquanto aguardava dono da casa receber a encomenda.

Entenda o caso

Se você chegou até aqui e não está sabendo deste fato, precisa ler a matéria completa para entender melhor sobre essa ocorrência inusitada. Basta clicar aqui.

Segundo o dono do restaurante de onde saiu a entrega, o cliente não acreditou que a comida havia sumido quando o motoqueiro tentou explicar a situação durante a entrega. “O entregador chegou aqui desnorteado, sem saber o que fazer. Afinal, ele não viu o cachorro. Decidimos ir até o local e pedir o vídeo das câmeras de segurança, foi quando vimos tudo o que aconteceu. A história viralizou e já fui contatado por gente de vários estados.“, conta Tharles Costa, dono do restaurante “Delícias de Francisca“.

Parceiros no crime

E quase passou desapercebido, mas ao assistir o vídeo até o final é possível ver o suposto mentor do roubo chegando à cena do crime. Um Urubu clandestino faz o pouso no terreno baldio e segue em direção ao esconderijo temporário. Ele fazia o monitoramento aéreo e ajudava o cachorro de cima. De certo dava sinais do momento certo para a abordagem criminosa.

Pelas redes sociais do restaurante, o dono do estabelecimento mostra que reagiram com bom humor ao episódio inusitado. Além de publicar o vídeo do furto, eles conseguiram encontrar o “meliante”, que foi recebido com muito carinho. Mas apesar disso ele não entregou seu comparsa que ainda permanece foragido.

cachorro roubou marmita

Se olharmos com mais atenção ao vídeo, podemos perceber que o cachorro meliante chega juntamente com o motoqueiro e fica no canto parece que na espera de um vacilo, algo como se fosse premeditado. E para sorte dele e azar do entregador, o pacote acaba caindo da moto. Parece até coisa de filme.

Quando a marmita cai da caixa térmica da moto, rapidamente o cachorro astuto corre, apanha o pacote e abre fuga em direção ao terreno baldio localizado bem a frente. O entregador enquanto aguardava ser atendido, após tocar a campainha, se vira para a moto e percebe que está faltando um pacote da entrega que faria naquele momento.

Assista no vídeo abaixo até o final e veja o momento exato em que o Urubu aparece na cena do crime, aperte o play!

Cachorro caramelo

O cachorro vira-lata caramelo ou SRD que aparece no vídeo, como o próprio nome diz, é um cão sem raça definida que se popularizou por ser encontrado com facilidade pelo Brasil. Desta forma, é considerado pelas pessoas um patrimônio nacional. Em suma, sua pelagem curta, possui tamanhos variados, mesclas de tons marrons e predominância do preto no focinho, seus olhos são marcantes e simpáticos.

Personalidade do cão caramelo

Você pode perguntar para qualquer pessoa que possui um vira-lata em casa, com certeza o bichinho é único! Em outras palavras, além de cada um ter suas peculiaridades, seja em relação a personalidade ou características físicas, são cães pra lá de inteligentes.

Na lista, considere a lealdade e amor que o cachorro caramelo brasileiro tem por aqueles que cuidam dele. Sabe a expressão “mato e morro”? Bom, o seu pet faria praticamente isso por você.

Você pode adotar um vira-lata caramelo!

A última boa notícia é que, se estiver considerando adotar um bichinho de estimação, você pode ter um vira-lata caramelo em casa, isso porque não é difícil achá-lo nas ONGs. Inclusive, esses cães tinham certa dificuldade em serem escolhidos, pois muitos preferem animais com pelagens diferentes, por exemplo.

É importante salientar também que esta notícia é para entretenimento apenas e foi relatada com um toque de sátira para tornar mais interessante o acontecimento. Os adjetivos usados para os animais não representam verdadeiramente ações criminosas como estamos acostumados a ver no dia-a-dia, mas sim atitudes e comportamentos cotidianos na natureza, sem dolo ou qualquer tipo de intenção irregular. Afinal são animais.

Por Vicente Delgado – AGRONEWS®

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.