O potencial da mineração em Mato Grosso

Mato Grosso se tornou referência nacional no extrativismo mineral, contribuindo para a economia do mercado interno e, principalmente, para a geração de empregos e renda na região

Apesar da mineração brasileira ainda permanecer ligada a questões como: falta de segurança na regulamentação, impactos ambientais e desastres naturais, Mato Grosso se destaca no cenário nacional, mostrando que ainda é possível fazer mineração com responsabilidade e qualidade.

A mineração em Mato Grosso

A Dra. Alessandra Panizi esteve presente no 3.º Seminário de Mineração do Norte de Mato Grosso, realizado entre os dias 19 e 21 de julho no município de Guarantã do Norte, e na oportunidade conversou com a presidente da AGEMAT sobre o potencial produtivo do estado no extrativismo mineral.

Assista abaixo a entrevista completa. Aperte o Play!

https://www.youtube.com/watch?v=nodGIGDgeVc

Segundo a presidente da Associação Profissional dos Geólogos do Estado de Mato Grosso – AGEMAT, Sheila Klener, a mineração é o segundo setor produtivo no estado, perdendo apenas para o agronegócio. Sheila destacou a importância da extração mineral não apenas de metais nobres como o ouro, mas de minérios como areia, cascalho, argila e principalmente o calcário – que é muito utilizado no agronegócio. “Além da indústria, da pecuária e do próprio agronegócio, nós temos também a mineração – e não é só de ouro, temos também a areia, cascalho, argila, calcário e água mineral“, esclarece Sheila.

No evento também foram debatidos outros assuntos relevantes como a produção de agro minerais silicáticos, a corrida do potássio, mapeamentos geológicos, novas oportunidades na oferta pública de títulos minerários, convênios com órgãos federais, socioambientais ligados a regulamentação da pequena mineração e demais questões relevantes no setor mineral.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Dra. Alessandra Panizi

Alessandra Panizi

Doutora em Ciências Jurídicas e Sociais junto à UMSA Universidad del Museo Social Argentino. Especialização em Perícia Auditoria e Gestão Ambiental – Oswaldo Cruz. Especialização em Direito Agroambiental – Fundação Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso. Pós-Graduação Lato Sensu em Direito da Mineração. Faculdade CEDIN. Especialização em Capacitação às Carreiras Jurídicas – Fundação Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso. Graduação em Direito pela UNIC – Universidade de Cuiabá.

AGRONEWS® é informação para quem produz

]]>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *